Sai Fregadolli, entra Fegaduoli

Decisão da Vara de Registros Públicos e Acidentes do Trabalho e Precatórias Cíveis e Corregedoria Extrajudicial do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, publicada nesta terça-feira, retifica o registro civil do senador Álvaro Dias e familiares. O documento altera o nome de sua mãe, Helena Fregadolli Dias, que viveu na Fazenda Diamante, em Maringá, e faleceu em março de 2004, aos 88 anos; a mudança foi solicitada pelo ex-governador. No assento de nascimento de dona Helena, lavrado no Serviço de Registro Civil de Pessoas Naturais de Charqueada, comarca de Piracicaba (SP), seu nome passou a constar Helena Fegaduoli Dias, assim como o nome de seu genitor, Federigo Fegaduoli, e seu avô paterno, Lorenzo Fegaduoli. As alterações foram autorizadas também no assento de óbito de Helena ‘Fregadolli’ Dias, lavrado no 1° Serviço de Registro Civil de Pessoas Naturais de Maringá. A mãe do senador dá nome a uma creche em Água Boa, distrito de Paiçandu, que também poderá ser alterado.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Um pitaco em “Sai Fregadolli, entra Fegaduoli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>