Expoingá 2019: Vale Pé Vermelho de Ratinho Junior, liderança de Maria Iraclézia, roda-gigante e 16 dinossauros na feira

Por: - 30 de março de 2019
Apoio público garantido para a realização da Expoingá 2019 / Ivan Amorin

A liderança de Maria Iraclézia se reafirma após o lançamento de mais uma edição do maior evento de negócios e entretenimento de Maringá. Em meio ao cenário político e econômico de esperança e incertezas, a presidente da Sociedade Rural de Maringá (SRM) confirma o apoio público e empresarial necessários à realização da Expoingá 2019.

Ela recebeu há poucos dias o Prêmio ACIM Mulher, como lembrou o prefeito Ulisses Maia (PDT) no discurso da noite desta sexta-feira (29/3), na apresentação da 47ª Expoingá, no palco montado no Pavilhão Azul do Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro.

Cerca de mil pessoas participaram do lançamento da Expoingá 2019 / Ivan Amorin

O espaço foi transformado com uma estrutura de qualidade criada pela SRM para receber cerca de mil pessoas com conforto. Além de elogios à Maria Iraclézia, Maia falou sobre os resultados da criação de empregos nos últimos meses na cidade e reforçou a parceria da prefeitura com o evento.

Para comemorar o aniversário de 72 anos de Maringá, Maia autorizou a contratação do show de Chiãozinho e Xororó na Expoingá 2019. A prefeitura vai pagar R$ 240 mil aos artistas e vai abrir os portões para o público na segunda-feira (13/5).

Ao lembrar que a presidente da SRM assumiu há poucas semanas a presidência do Maringá e Região Convention & Visitours Bureau, o presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa (PP), também destacou o papel de liderança de Maria Iraclézia.

Junto ao Governo do Paraná, se a presidente da SRM quebrou o protocolo em 2018, ao lado da amiga de longa data e então governadora Cida Borghetti (PP), em 2019, com o governador Ratinho Junior, Maria Iraclézia também não terá dificuldades de diálogo.

Ratinho Junior é um entusiasta do agronegócio, tanto que destacou em discurso que vai apresentar nos próximos dias uma plano de infra-estrutura para fortalecer o setor. Adiantou que vai lançar o “maior programa de projetos executivos de obras que o Paraná já viu.”

O governador destacou também a necessidade de investir em tecnologia para o setor, no “AgroTech”. Ao fazer menção ao Vale do Silício, na Califórnia, sugeriu a criação do Vale Pé Vermelho, ou como o governador mencionou em discurso, por que não criar o “Red Foot Valley.”

Nessa linha de pensamento, a Expoingá 2019 realiza o Inova Agro e um seminário para debater as novidades da área e confirma o II Hackathon Inova Agro, uma maratona de programação destinada ao desenvolvimento de soluções para a agropecuária.

Como boa anfitriã, Maria Iraclézia soube a agradecer todo o apoio político do governo de Ratinho Junior com o setor e as parceiras estratégicas com o BRDE, Emater, Iapar, Sanepar, Copel, por exemplo, para fazer a Expoingá 2019.

Discurso com longa lista de agradecimentos / Ivan Amorin

Ela também fez questão de mencionar o papel da diretoria da SRM, dos associados, das entidades de classe presentes, parceiros comerciais, imprensa, vereadores, deputados estaduais e federais, prefeito. Não esqueceu de ninguém e, após a cerimônia oficial, fez questão de cumprimentar a todos os convidados.

Maria Iraclézia, que em 2018, coordenou uma Expoingá de recordes, com R$ 569,2 milhões em negócios gerados e prospectados no evento e 625.641 visitantes, mostra que tem os pés no chão ao projetar para 2019 a marca de R$ 600 milhões de negócios e um público em torno de 550 mil pessoas.

Na área do entretenimento, tem uma grade diversificada com show duplo de Wesley Safadão e Grabriel Diniz, o pagode de Alexandre Pires, os shows das duplas Jorge e Mateus Zé Neto e Cristiano, o cantor Gusttavo Lima e a música eletrônica de Alok.

Pela primeira vez, Marina e a Expoingá vai recebem uma exposição gigante, com réplicas de dinossauros em tamanho real. São 16 peças que prometem ser um dos principais atrativos para encantar o público.

Depois do sucesso da roda-gigante na Maringá Encantada, a Expoingá 2019 vai ter uma roda-gigante com 25 metros de altura. A SRM também apresenta no evento a proposta do futuro museu do agronegócio. O espaço PET vai ser maior do que em anos anteriores e a feira mantém a tradição da fazendinha e da Barraca Universitária, por exemplo.

De volta à festa de lançamento, passaram pelo evento os deputados federais Luiz Nishimori (PR), Ricardo Barros (PP), Sargento Fahur (PSL) e Sérgio Souza (MDB), e os deputados estaduais Delegado Jacovós (PSD), Do Carmo (PSL), Dr. Batista (PMN), Evandro Araújo (PSC), Homero Marchesi (PROS) e soldado Adriano José (PV).

De camiseta e com discurso de improviso, Fahur roubou a cena ao dizer que não entende nada de agronegócio e por agradecer a Javovós pela prisão dos “vagabundos” que prendia na estrada. Para o reforço da liderança de Maria Iraclézia, o deputado federal mais votado do Paraná, também disse, que por não entender do setor, vai buscar respaldo da Sociedade Rural de Maringá, quando precisar se posicionar sobre questões políticas do agronegócio.

Homenagem da diretoria da SRM ao prefeito Ulisses Maia e ao governador Ratinho Junior / Ivan Amorin