Novo valor da tarifa do transporte coletivo de Maringá é confirmado pela prefeitura. Alta vai ser de 10% a partir de sexta

Por: - 10 de junho de 2019

Foi confirmado no final da tarde desta segunda-feira (10/6) o novo valor da tarifa do transporte coletivo de Maringá. A empresa Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC) pediu um aumento de 30% no preço da passagem, mas a Prefeitura de Maringá autorizou um reajuste de 10%.

O novo valor da tarifa do transporte coletivo de Maringá vai entrar na sexta-feira (14/6). A empresa defendia um reajuste de 30%, o que elevaria a passagem a um patamar superior a R$ 5,00. A Prefeitura de Maringá decidiu conceder um reajuste de 10%, o que eleva a tarifa do transporte coletivo de Maringá para R$ 4,30.

O valor do cartão avulso não vai sofrer reajuste, vai ser mantido em R$ 4,50. A empresa havia pedido um aumento para R$ 6,50.

O último reajuste, de 8,3%, foi concedido pela administração municipal em julho de 2018. Na ocasião, o Passe Fácil subiu de R$ 3,60 para R$ 3,90. Segundo a prefeitura, a TCCC havia solicitado à época uma tarifa de R$ 4,25.

Em 2018, após ter autorização para aplicar um aumento R$ 0,35, abaixo do pretendido, a TCCC pediu a concessão de um subsídio para a tarifa ou a isenção do Imposto Sobre Serviços (ISS), que é pago ao município.

Sem ter qualquer benefício, a empresa chegou a dizer que passaria por dificuldades financeiras, o que levou a prefeitura a pedir documentos e dizer que poderia pedir o rompimento do contrato com a concessionária do transporte coletivo.

A discussão foi parar na Câmara Municipal, onde foi criada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a saúde financeira da empresa. Ao final, não ficou comprovado nenhum problema financeiro com a TCCC, mas os vereadores sugeriram uma nova licitação e o aumento da fiscalização por parte da Secretaria de Mobilidade Urbana.

A disputa pelo reajuste nas tarifas também foi parar no Judiciário. A concessionária do serviço cobra da Prefeitura de Maringá uma indenização de R$ 35,2 milhões para reequilibrar o contrato firmado em 2010.

Além disso, a empresa pediu à Justiça que a passagem fosse elevada imediatamente a R$ 4,76. Em abril houve uma audiência de conciliação, mas não houve acordo entre a empresa e a administração municipal.

  • Reportagem atualizada às 17h50, com a confirmação do reajuste de 10% no valor da tarifa. O decreto que confirma o aumento só vai ser publicado nesta terça-feira (11/6).

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.