Prefeito autoriza aumento de 8,3% na tarifa da TCCC, cinco meses após o último reajuste. Passe Fácil vai a R$ 3,90

Por: - 5 de julho de 2018

A tarifa dos ônibus de Maringá fica mais cara a partir de segunda-feira (9/7). O decreto do prefeito Ulisses Maia foi assinado nesta quinta-feira (5/7), dois dias após ter enviado nota à imprensa informando que o índice solicitado pela TCCC estava descartado e que o reajuste só seria concedido mediante novos compromissos da empresa para melhorar o sistema.

O Passe Fácil vai de R$ 3,60 para R$ 3,90, ou seja, terá um reajuste de 8,3%. O último aumento foi concedido há cinco meses, em 1º de fevereiro, quando a tarifa subiu de R$ 3,40 para R$ 3,60. Nos últimos 12 meses, a inflação acumulada, segundo do IPCA, foi de 2,86%. Segundo a prefeitura, a TCCC havia solicitado uma tarifa de R$ 4,25.

No entanto, não é possível ter acesso às planilhas de custos que compõem a tarifa da TCCC. Na página oficial da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) na internet constam apenas as planilhas de 2013 a 2016. A do ano passado e a deste ano, até as 19h40 desta quinta-feira (5/7) não estavam disponíveis.

No release comunicando o aumento da tarifa, também não consta nenhum compromisso da TCCC para a melhoria do sistema de transporte coletivo urbano de Maringá. Em fevereiro, quando do primeiro reajuste deste ano, foi anunciada a instalação de wi-fi, a renovação de parte da frota e o aumento do número de carros em algumas linhas.

O decreto do prefeito Ulisses Maia também estabelece que a tarifa do Cartão Avulso vai a R$ 4,50. Ficam mantidos o subsídio que garante a gratuidade do transporte dos estudantes e a integração com os ônibus das linhas metropolitanas. Nesse caso, o usuário vai pagar R$ 1,95 pela segunda parte da viagem.

O reajuste nos ônibus metropolitanos, a partir de 1 de junho, foi de 4%, um ano após o reajuste anterior. No caso das linhas metropolitanas entre Maringá e Sarandi, a tarifa passou de R$ 3,75 para R$ 3,90. A variação média entre as 667 linhas metropolitanas de todo o Paraná foi de 5,09%.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.