Enem 2020 vai ser realizado em janeiro e fevereiro de 2021, anuncia ao MEC

No mês de maio, estudantes de todo o país participaram de ato Virtual da Campanha #AdiaEnem / Divulgação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve a aplicação adiada por causa da pandemia do novo coronavírus, teve o novo prazo para aplicação das provas divulgado nesta quarta-feira (8/7) pelo Ministério da Educação (MEC), com a presença do secretário-executivo da pasta, Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.

As informações são de reportagem da Agência Brasil.

Segundo o levantamento feito pelo Inep, para 49,7% dos estudantes, o Enem impresso deve ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio. As provas estavam originalmente marcadas para acontecer em novembro.

As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e a versão digital foi marcada para 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

A reaplicação do Enem será nos dias 24 e 25 de fevereiro, com resultados a partir de 29 de março.

Ainda em 2020, pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD).

Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estão abertas até o dia 10 de julho. Serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país.

 

Últimas vagas de Empregos