Recco se mobiliza para produzir lençóis, jalecos e máscaras para a saúde

Sede da empresa em Maringá / Divulgação

A Recco, empresa brasileira de lingeries e loungewear com 40 anos de mercado, diante da situação de pandemia, voltou a produção para a confecção de itens indispensáveis para os hospitais e de materiais para os profissionais da saúde que trabalham na linha de frente da pandemia do coronavírus.

Com a ajuda de modelistas, costureiras e operadoras voluntariadas, a Recco entregou para a Prefeitura de Maringá, onde está o parque fabril da marca, e para o Hospital Metropolitano de Sarandi, cerca de 300 lençóis, 396 fronhas, 880 jalecos e mais de 1000 máscaras.

Toda a produção é realizada com respeito aos protocolos de saúde estabelecidos. A marca vai seguir com as doações necessárias para o bom funcionamento das equipes médicas.

A Recco conta com um parque fabril de 11 mil m² e opera com alta tecnologia, sem dispensar a tradição das habilidades manuais.

 

Últimas vagas de Empregos