Detox de celulares: estudantes de Maringá ficaram 24 horas offline

De acordo com a pesquisa realizada pela consultoria inglesa Tecmar, em média as pessoas checam seus aparelhos celulares 220 vezes por dia. Outro estudo aponta que cada usuário dá, em média, 2600 toques diários em seu smartphone.

Com o desafio de estimular a sociabilização com quem está próximo, de maneira real e significativa, a professora de Língua Portuguesa do Colégio Marista de Maringá, Débora Sodré Esper, lançou um desafio para os alunos. Ficar 24 horas com o celular desligado.

Cerca de 35 jovens participaram, desligando os aparelhos eletrônicos às 8h da manhã, durante a aula. Ao recuperar o acesso à internet, os relatos foram variados.

Alguns alunos passaram mais tempo com os pais, outros conversaram mais sobre o dia e houve quem aproveitou para ler, ver filmes ou jogar com os familiares.

“As famílias elogiaram a iniciativa, foi uma grata surpresa realizar esse experimento”, disse a professora.

Últimas vagas de Empregos