Empresa de Maringá é eliminada de prêmio porque precisaria ter mais queixas

O número baixo de reclamações tirou uma empresa de Maringá da disputa do Prêmio Época Negócios Reclame Aqui, que elege As Melhores Empresas para o Consumidor.

Isso aconteceu com a F.A. Colchões. Os organizadores informaram que no período de 1/6/2018 a 31/5/2019, a empresa precisaria ter ao menos 49 registros de queixas no Reclame Aqui para disputar o prêmio.

No entanto, a empresa de Maringá teve apenas 13 registros e todos foram respondidos no site Reclame Aqui. A nota da F.A. Colchões no portal de reclamações dos consumidores é 8,0, o que é considerado como um ótimo índice de resolução.

Procurado, o diretor comercial da F.A. Colchões, Luiz Castro, disse ter ficado surpreso com a notícia de que não poderiam concorrer à premiação.

“Monitoramos constantemente e ficamos muito contentes com o baixo nível de reclamações de nossos produtos, pois atualmente produzimos mais de 300.000 colchões por ano, e cerca de 1.000.000 de peças de complementos de cama, mas ficamos surpresos com a noticia de não podermos entrar no ranking justamente por termos um índice muito baixo de reclamações. Nossos esforços estão direcionados a garantir a satisfação de quem adquire nossos produtos, contribuindo para a qualidade de vida de nossos consumidores, mesmo que isso implique em ficarmos fora de prêmios como esse.”

A empresa de Maringá participaria da categoria colchões no Prêmio Época Negócios Reclame Aqui 2019.

Últimas vagas de Empregos