Cemitérios de Maringá esperam 180 mil pessoas na quinta e sexta-feiras. Confira os horários das missas, dos supermercados e dos shoppings no Dia de Finados

Por: - 31 de outubro de 2018
Supermercados e Shoppings funcionam em horário especial no Dia de Finados (Imagem/Pólen Comunicação)

Nesta quinta (1/11) e sexta-feiras (2/11), Dia de Finados, a previsão é que cerca de 180 mil pessoas visitem os dois cemitérios de Maringá. Hábito cristão, a data é dedicada a orações e homenagens aos que já morreram. É comum neste dia acender velas e colocar flores nos túmulos.

A partir de quinta-feira, o Cemitério Municipal passa a ficar aberto das 7h às 18h e 150 mil pessoas devem passar pelo local. A previsão é que o maior movimento seja registrado no feriado de sexta-feira, quando cerca de 100 mil pessoas devem visitar os túmulos.

No Cemitério Parque, onde os horários de visita passam a ser das 7h às 19h, são esperadas cerca de 30 mil pessoas nos próximos dias. Reformas e limpezas nas lápides serão permitidas na sexta-feira. Diferente dos anos anteriores, este ano o cemitério não vai disponibilizar estacionamento interno.

No Cemitério Municipal, o prazo para fazer limpezas, polimentos e outras reformas nos túmulos encerrou na terça-feira (30/10). Esses serviços só poderão ser retomados a partir de 8 de novembro. Nesses dias, é proibido entrar com vasos em embalagens ou sacolas plásticas e papéis impermeáveis.

Também não é permitida a entrada de veículos no local, por causa do grande fluxo de pessoas. O Cemitério Municipal disponibilizará dois micro-ônibus e três vans, para transporte dentro do cemitério de pessoas que têm dificuldades de locomoção.

O comércio ambulante será permitido nos dias 1 e 2/11 nas calçadas no entorno do Cemitério Municipal. As sepulturas mais visitadas são, tradicionalmente, a do menino Clodimar Pedrosa Lô, de Márcia Constantino e do Monsenhor Bernardo.

Missas – No Dia de Finados, a Arquidiocese de Maringá organiza 10 missas nos cemitérios da cidade. Serão oito celebrações no Cemitério Municipal: às 9h, 10h, 11h, 12h, 14h, 15h, 16h e 17h. No Cemitério Parque as missas serão às 9h e 16h.

Supermercados abrem em horários diferentes

No feriado do Dia de Finados, as redes de supermercados de Maringá estarão com as lojas abertas em horários diferenciados e os shoppings funcionam em horário de domingo. O prédio da prefeitura fica fechado na sexta-feira, mas os serviços essenciais do município serão mantidos.

  • No Dia de Finados, algumas lojas da rede Bom Dia vão abrir das 8h às 18h e outras das 8h às 12h.
  • Algumas lojas dos supermercados Cidade Canção abrem das 8h às 13 e outras das 8h às 20h.
  • As lojas do Condor abrem das 8h às 23h.
  • O Super Muffato estará aberto das 8h às 22h e a loja da rede no Shopping Catuaí das 10h às 21h.
  • O Max Atacadista abre das 8h às 19h
  • E o Hipermercado Big, no Shopping Cidade, abre das 9h às 21h.

Shoppings seguem os horários de domingo

Nos quatro maiores shoppings da cidade, no feriado de sexta-feira as lojas funcionam nos horários de domingo: abrem às 14h e fecham às 20h. Os horários diferentes são em relação às praças de alimentação.

  • No Shopping Catuaí, a praça de alimentação ficará aberta das 11h30 às 22h e o cinema segue a programação normal.
  • O Avenida Center segue os mesmos horários do Catuaí.
  • No Shopping Maringá Park, a praça de alimentação ficará aberta das 12h às 22h e o cinema segue a programação normal. Confira as estreias da semana e a programação completa do Cineflix Maringá Park.
  • O Shopping Cidade em relação a praça de alimentação segue o mesmo horário do Maringá Park e, na área de lazer, o Star Play abre às 13h30 e o Boliche às 14h.

De acordo com o Sindicato dos Lojistas do Comércio (Sivamar), as lojas de rua de Maringá permanecerá fechado na sexta-feira. No sábado (3/11), por ser o primeiro do mês, as lojas ficam abertas até as 18h.

Já as lojas do Mercadão de Maringá, na sexta, funcionam das 8h às 13h e a área gastronômica das 11h às 23h.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.