Candidatos a governador, senador e deputado estadual no Paraná já investem no Facebook, que mostra quanto está sendo gasto

Por: - 27 de agosto de 2018
Com ferramenta do Facebook é possível checar quanto cada candidato tem investido em anúncio pago na rede social (Imagem/ Empresa Brasil de Comunicação)

Alguns candidatos já começaram a veicular vídeos e outros materiais de campanha nas redes sociais. A principal incógnita nesta eleição é quanto o tempo de TV e rádio poderá influenciar no resultado das urnas, já que nos últimos anos chegavam ao poder quem tinha um bom tempo de campanha nestes veículos.

Para atingir outros públicos e fugir do pouco tempo de TV, os candidatos começam a investir em anúncios pagos nas redes sociais. Na ferramenta Ad Archive, do próprio Facebook, dá para ver o CNPJ de quem pagou pela publicidade, quanto foi gasto em cada anúncio e o número de visualizações.

Entre os candidatos a governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD) é o mais rico e o único que já começou a investir em propaganda na rede social. Os bens declarados ao Tribunal Superior Eleitoral somam R$ 13,4 milhões, mas até esta segunda-feira (27/8) o candidato fez apenas um anúncio pago na rede social, caracterizado como propaganda eleitoral.

No vídeo ele se defende dos ataques que diz estar sofrendo com “a velha política”. Ratinho Júnior investiu entre R$ 500 e R$ 900 na publicação inciada em 24 de agosto e que rendeu de 200 mil a 500 mil impressões – número de vezes que o anúncio foi visualizado em uma tela. Os maiores impactados pela propaganda foram mulheres de 35 a 44 anos.

Richa e Requião também buscam votos na rede

Candidato a uma cadeira do Senado Federal, Beto Richa (PSDB) tem nove anúncios ativos no Facebook e outros seis inativos. O ex-governador, que declarou patrimônio de R$ 4.839 milhões, investiu cerca de R$ 100 a R$ 499 em cada propaganda eleitoral.

Nos vídeos postados na rede social, a campanha de Richa mostra obras que o ex-governador afirma ter feito em cidades como Sarandi e Londrina. Os anúncios tem de 10 mil a 50 mil impressões.

A página do senador Roberto Requião (MDB), que concorre à reeleição, veicula seis anúncios pagos. Ele que afirmou ao TSE ter um patrimônio de R$ 2 milhões investiu, até agora, valores bem parecidos com o do concorrente Beto Richa, cerca de R$ 100 a R$ 499 por anúncio.

Os valores investidos também rendem de 10 mil a 50 mil impressões. Um dos primeiros anúncios, de um vídeo com Requião pedindo votos, teve de 50 mil a 100 mil impressões. Os maiores impactados foram homens de 25 a 44 anos.

Até esta segunda-feira (27/8), entre os candidatos a senador do Paraná, apenas Richa e Requião tinham investido em anúncios pagos na rede social.

Evandro Junior é recordista com 54 anúncios

Entre os deputados estaduais de Maringá, Evandro Junior (PSDB), que concorre à reeleição, é o único deputado estadual eleito na cidade que investe em anúncio pago no Facebook. Desde o dia 20 de agosto o deputado fez 54 propagandas eleitorais na rede social.

Na maioria dos anúncios, o deputado investiu R$ 100 e teve mil impressões. Diferente dos outros candidatos que decidiram investir em vídeos, quase todos as publicidades pagas do candidato são de fotos acompanhadas de textos de ações da campanha.

Nenhum dos deputados federais eleitos por Maringá que tentam se manter na Câmara Federal fez propaganda eleitoral paga no Facebook até esta segunda-feira.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.