Festival de Bonecos de Maringá começa nesta quarta (7/10) com espetáculos online

Por: - 7 de outubro de 2020
Os espetáculos, acompanhados de bate-papo, serão transmitidos pelo canal da Secretaria de Cultura no Youtube / Cary Bertazzoni/PMM

Começa nesta quarta-feira (7/10) o Festival de Teatro de Bonecos de Maringá (Festebom). Devido à pandemia do coronavírus, os espetáculos, acompanhados de bate-papo, serão online e transmitidos pelo canal da Secretaria de Cultura no Youtube (acesse aqui).

A programação do Festebom vai até sexta-feira (9/10) com cinco espetáculos. Após cada apresentação, será realizado um bate-papo.

O festival começa nesta quarta-feira, a partir das 20h, com o espetáculo “Eu Existo”, do Grupo Anamá. Com duração de 40 minutos, o espetáculo aborda a temática de crianças em situação de rua. Após a apresentação, o bate-papo será sobre dramaturgia para teatro de animação e o processo de construção da narrativa do espetáculo “Eu Existo”.

Neste ano, a Secretaria de Cultura ainda pretende realizar outros eventos de forma online. São atrações como a Flim, a Semana da Cultura, o Festival Afro-Brasileiro, a Semana Municipal de Hip Hop, a Semana Municipal de Capoeira, o Seminário Maringaense de Arte Contemporânea (Smac) e a Virada Cultural.

Confira a programação completa do Festebom

Quarta-feira (7/10)

Espetáculo: “Eu Existo”, Grupo Anamá

Horário: 20h

Sinopse: O espetáculo “Eu Existo” aborda a temática de crianças em situação de rua. Com a duração de 40min, a montagem convida, de maneira lúdica, o público a vivenciar um dia inesperado do personagem Canelinha. Em cena três atores manipuladores, darão vida a seis personagens de variadas técnicas do teatro de bonecos e animação que marcarão a aventura do garoto.

Após o espetáculo: Bate-papo – Dramaturgia para Teatro de Animação. Processo de construção da narrativa do espetáculo “Eu Existo”.

Mediadora: Rô Fagundes

Assista espetáculo aqui.

Quinta-feira (8/10)

Espetáculo: “Da Cor da Felicidade”, Cia. Manipulando

Horário: 15h

Sinopse: No espetáculo, a Cia leva até o público o resultado da pesquisa que une a arte da contação de histórias com a de animação de objetos. Um convite à leitura da maneira mais divertida e emocionante é proposto por um contador de historias que coleciona histórias de cor azul. Uma montanha azul, uma menina que enxerga tudo azul, um rei com uma ideia azul e uma sereiazinha que mora no mais lindo azul do oceano, histórias da cor da felicidade.

Após o espetáculo: Bate-papo “Teatro de Formas Animadas e Contação de Histórias – caminhos de um movimento”

Mediadora: Luara Fagundes

Assista espetáculo aqui. 

Espetáculo: “Chuva de Contos”, Cia Fantokids

Horário: 20h

Sinopse: O espetáculo Chuva de Contos traz à cena histórias contadas pela personagem Cotinha que, de forma lúdica poética e bem-humorada, conduz os espectadores para uma viagem ao mundo da imaginação, em que bonecos e objetos tomam vida e se transformam em personagens fantásticos em um cenário de linguagem surreal e atemporal, representado por uma pequena e aconchegante sala de estar.

Após o espetáculo: Bate-papo – “Cenografia, adereços e figurino – múltiplos acabamentos no teatro de animação”

Mediador: Danilo Furlan

Assista espetáculo aqui. 

Sexta-feira (9/10)

Espetáculo: “O Sapateiro Ambulante Contador de Histórias”, Cia Mão Dupla.

Horário: 15h

Sinopse: O espetáculo é uma adaptação livre inspirada na obra do Irmãos Grimm intitulada “Os três fios de Ouro do Cabelo do Gigante”. Em suma, o espetáculo conta a história de uma sapateiro que de forma ambulante sai as ruas e vai aos bairros para consertar sapatos, acaba acumulando sapatos e constrói lindas histórias associando estes objetos (sapatos) as histórias que seu pai já havia contado quando ele ainda era criança.

O espetáculo conta com uma estrutura que envolve bonecos marotes e objetos de animação (sapatos). Esta montagem foi construída sem a formatação de um texto formal, mas por imagens e improvisações com o livro dos Irmãos Grimm.

Após o espetáculo: Bate-papo: “O teatro de bonecos: gênero, movimentos e linguagens.”

Mediador: Leonil Lara

Assista o espetáculo aqui. 

Espetáculo: “A Corrente Azul”, Cia Tipos e Caras

Horário: 20h

Sinopse: O texto “A corrente azul”, de Majô Baptistoni, é inspirado no livro de Eliana Palma, que leva o mesmo título, e conta a história de um menino autista que muda de cidade e precisa enfrentar as dificuldades de adaptação numa escola nova.

O texto brinca com o fato de cada cabeça guardar um universo próprio, que nem sempre é compartilhado, ou entendido pelos que nos cercam. De cada cabeça pode sair mil histórias e informações diferentes.

Após o espetáculo: Bate-papo: “O Poder de Comunicação do Boneco”

Mediadora: Maria Cristina Vieira

Assista o espetáculo aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.