Cinco Doramas para você começar

Por: - 15 de outubro de 2021

 

 

Vida longa e próspera!

Olá pessoas! Parece que com o recente sucesso do Round 6 o pessoal até que enfim está começando a dar uma chance para os Doramas (séries e filmes de origem orientais), e estão amando, você pode ter uma pequena dificuldade com os nomes em Coreano, mas depois se acostuma.

Hoje você vai conhecer um pouco destas belezuras da sétima arte e vai conferir 5 Doramas pra você começar a conhecer esse universo maravilhoso, diversifiquei os gêneros, então é só escolher o que mais lhe agrada e aproveitar a chuvinha do final de semana para maratonar!

 

1 – ITAEWON CLASS

Esse com certeza é um dos meus preferidos, Itaewon Class é baseado no Webtoon (quadrinho digital) de mesmo nome, é uma série de 2020 produzida pela Netflix, conta história cativante e emocionante história de Saeroiy. Logo em seu primeiro dia de colégio, ao defender um aluno vítima de bullying, acaba sendo expulso injustamente do colégio.

Não bastando sua expulsão, por conta da briga com o valentão do colégio, ele acabou ocasionando a demissão de seu pai, já que o filho do patrão era o valentão. Como dizem, desgraça pouca é bobagem, após a demissão do pai e expulsão da escola, a família Park resolve se reerguer, mas seu pai acaba morrendo e Saroiy é preso.

Ao sair da cadeia, o protagonista constrói, de maneira de arrepiar os pelos da nuca, uma história de persistência, foco, humildade e dignidade para honrar a memória de seu pai. Esse Dorama tem uma história fantástica de virtude e honra, além de abordar o tema racismo de forma assertiva, trazendo um coreano negro, descendente de africanos e uma mulher trans como personagens marcantes da série, como sabemos a Coréia é um país extremamente conservador, então podemos ter essa inclusão como uma pequena vitória.

 

2 – ALICE IN BORDERLAND

Esse Dorama segue o exemplo de Round 6, Alice in Borderland, é um típico Battle Royale, baseada no mangá homônimo de Haro Aso,  a história é bem simples, um gamer desempregado e seus amigos são transportados para uma realidade paralela, onde a cidade de Tóquio parece estar completamente deserta, mas na realidade os poucos moradores dessa nova Tóquio precisam participar de jogos mortais para se manterem vivos.

A produção dessa obra é do Netflix também, mistura uma distopia, vídeo game e um conceito meio “jogos mortais”. A série é um live-action (uma adaptação muito bem feita do mangá), além da emoção de desbravar o desconhecido atrás de respostas enquanto fica torcendo para seus personagens preferidos continuarem vivos, Alice in Borderland é uma releitura do Alice no país das maravilhas, a obra nos traz um significado por trás de cada jogo é um mistério a desvendar.

 

3 – POUSANDO NO AMOR

Vamos diversificar e falar de um Dorama mais leve e romântico, ufa! Pousando no Amor, com esse nome a série não ia ser uma carnificina como Round 6 né? Essa obra coreana de 2019 está disponível na Netflix (me patrocina Netflix!), com 24 episódios, este Dorama pode ser considerado uma das melhores portas de entrada para o gênero.

A obra conta a história de Yoon Se-ri, uma jovem empresária de sucesso da Coréia do Sul que durante um passeio de parapente por Seul do nada foi apanhada por um tornado e acabou caindo em uma floresta na zona desmilitarizada da Coréia do Norte, as Coréias são inimigas e ela não poderia entrar na Coréia do Norte.

O capitão norte-coreano Ri Jeong Hyuk encontra a jovem acidentada e resolve não reportar a seus superiores, então cabe a ele e seus 4 colegas mais próximos mandar a jovem de volta para sua casa. Pode parecer apenas um romance açucarado, mas com o passar dos episódios você vai se afeiçoando pelos personagens e conhecendo mais suas histórias.

Pousando no amor também  traz temas como depressão, abandono familiar, suicídio, além de mostrar o lado complicado que é a situação das Coréias, interessante saber que os diálogos foram adaptados para não citar o honorífico Presidente quando falassem da Coréia do Norte, pois isso poderia acarretar problemas políticos para o país, além de que, a roteirista Park Jieun consultou um desertor norte-coreano para que a trama pudesse levar o telespectador o mais próximo possível da realidade que se encontra a Coréia do Norte.

 

4 – KINGDOM

Zumbis! Agora sim, se esse é um gênero que você gosta, The Walking Dead que nada, Kingdom é o seriado pra você! Vísceras, sangue, intrigas políticas, personagens marcantes, tudo isso ambientado na época da Dinastia Joseon (1392-1897) da Coréia.

Lançada em 2019 essa série da Netflix (pra variar), foi escrita por Kim Eun-He e mostra uma abordagem diferente do gênero zumbi, nessa trama tem uma flor misteriosa que as lendas dizem trazer os mortos de volta a vida, e trazem, mas como já sabemos, com apetite por cérebros.

O príncipe herdeiro assume a missão de investigar uma pandemia que assolou um vilarejo local, não demorou para perceber que a zumbizada era um perigo potencial para todo o país. Repleto de cenas de batalhas muito bem produzidas, hordas de zumbis, sangue pra tudo quanto é lado, mas também intrigas, jogos de poder e drama que só um bom dorama pode proporcionar.

Sério, um exemplo de quanto a série é boa, minha namorada é fanática por zumbis desde sempre, e verdade seja dita, ela já viu de A Noite dos Mortos Vivos à Guerra mundial Z , inclusive tem o “guia de sobrevivência zumbi” na cabeceira da cama, e Kingdom é a série de zumbi preferida dela!

 

5 – GOBLIN

Esse drama sul-coreano chamado também de The Lonely and Great God (Goblin — O solitário e grande Deus), tem uma história um tanto quanto inusitada, a sinopse oficial “Um lendário ‘goblin’ cansado da sua vida imortal, resolve acabar com ela, mas para isso precisa arranjar uma noiva humana. Mas as coisas se complicam quando ele começa a se apaixonar por ela e encontra motivos para permanecer vivo”.

Aí você lê essa sinopse e pensa: “que?”. Primeiramente pra você que não joga RPG ou gosta de folclore nórdico, goblin é um monstro, tipo um duende só que feio, mas o goblin da Coréia é baseado nos Dokkaebi de sua cultura, é meio que o nosso saci Pererê, meio nada a ver, mas é isso aí.

Classificado como fantasia, drama e romance, esse dorama é o tipo de obra que faz a gente pensar na vida, na mortalidade e nas escolhas que fazemos. O personagem principal o Goblin galã Gong Yoo inclusive ganhou 53º Baeksang Arts Awards pela atuação na série. Acompanhar a vida do semideus que um dia foi humano, descobrir sobre sua morte ao longo dos 16 episódios é épico e você vai amar cada segundo da série!

 

 

Essa foi as dicas sobre dorama da semana, espero que gostem!

 

Bônus da semana

A CCXP 2021 abre hoje (15) o cadastro gratuito para a credencial FREE e venda do público em geral para participar da CCXP Worlds 21, maior evento Geek do planeta, esse ano de forma digital, acesse o site e garanta o seu passaporte aqui

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here