Agenda cultural de 29/04 a 05/05

Por: - 29 de abril de 2022

Performance

Neste final de semana a Malditas – Mostra de Performance Feminista volta a acontecer em Maringá. É a quinta performer convidada que desembarca na cidade para ministrar oficina e atuar. Desta vez, Maria Leo Araruna vem do Distrito Federal para realizar a oficina “Escrita como prótese: o corpo não é só a carne” no dia 01º de maio, às 10h, no Parque Alfredo Nyffeler (Buracão). Para participar é só aparecer por lá. No dia 6 (sexta-feira) Maria Leo faz a performance “Manifesto Trav(Eco)-Ciborgue” às 20h no Arena das Artes (recomendado para maiores de 16 anos). É tudo gratuito.

Teatro 

O espetáculo “O Soldado, A Tigresa e uma outra história”, de Douglas Kodi, estreou semana passada e tem mais apresentações nos dias 29 e 30/04 e 01/05, sempre de graça, às 20h, no Arena das Artes, que fica na Avenida Deputado José Alves dos Santos, 4367. A peça tem duração aproximada de 50 minutos e a classificação é livre. O texto e a direção são de Douglas Kodi, que se inspirou livremente na vida e obra de Dario Fo, Paulo Leminski, Cláudio Seto e Hiroo Onoda e tem como base de atuação a Commedia dell’arte italiana.

“O Soldado, a Tigresa e uma outra história” é um espetáculo sobre a guerra. Trata de acontecimentos que se deram em um espaço de tempo incerto, que pode variar de 10 dias a 50 anos. Através da trajetória desta fonte, que sempre sonhou em lutar na guerra e conseguiu o que queria ao embarcar no navio Ashigarô, o maior já feito na história nipônica, o público será levado ao universo das lendas e fábulas japonesas.

Jantar dançante

Em comemoração ao Dia Internacional da Dança, o núcleo de escolas de dança da Acim, com apoio do Rotary, vai promover um jantar dançante. É nesta sexta, 29, a partir das 19h30 na Acim, com ingressos a R$ 60,00 (desconto para membros do Programa Empreender). Haverá apresentação artística das escolas Márcia Angeli, Aéreo Estudio de Dança, Cirqueridum e Primeiro Ato.

Oficinas

Fim de semana tem oficinas do projeto “Caminhos da cidade”, com organização de Bruno Pesch. As atividades são nos dias 30/04 e 01/05 (aquarela) e 14 e 15/05 (escultura em arame), sempre no Ateliê Culturama, na Rua Pioneiro Marcelino Leonardo, 147, Jardim Monte Carlo.

As inscrições são gratuitas e para se inscrever é preciso ter mais de 15 anos e residir em Maringá (vagas limitadas). As aulas são das 8h30 às 16h30, com 1h30 de intervalo para o almoço. Não é necessário levar material, pois o projeto é contemplado pelo Prêmio Aniceto Matti e oferece tudo que é necessário.

O foco é registrar o processo coletivo de criação artística envolvendo o trabalho com técnicas de desenho, aquarela e escultura em arame. Todo o processo será registrado em um audiovisual como forma de captar todos os aspectos e elementos que envolvem uma criação puramente artística. O tema das produções são os caminhos percorridos no dia a dia e não é necessário ter conhecimento prévio.

Link de inscrições: https://linktr.ee/pesch.artes

informações: @pesch.artes@atelieculturama

Convite ao Teatro

Hoje o Convite ao Teatro recebe a última apresentação do espetáculo “Orquestra de Bexigas”, do grupo Meu Clown, neste edital. Em cena, cinco palhaços interpretados por Alexandre Muniz, Andresa Viotti, Marcelo Colavitto, Rafael Leonel e Renata Pereira, se divertem e divertem a plateia. A apresentação é às 20h no Teatro Barracão, com entrada gratuita.

Convite ao Cinema

Neste sábado (30/4) o Convite ao Cinema, projeto da Secretaria de Cultura, com coordenação e curadoria de Paulo Campagnolo, apresenta o filme francês “O ódio” (1995). Excepcionalmente esta sessão será no CAC – Centro de Ação Cultural, localizado na Av. XV de Novembro, 514, centro. A entrada é gratuita e começa às 20h. Classificação é 16 anos.

Veja um trecho do que Paulo Campagnolo fala sobre o filme:

“‘O Ódio’ possui a vitalidade e a urgência de um filme que parece estar sendo feito agora, neste exato instante que o “estado de coisas” na Europa, com o fluxo intenso de refugiados, coloca na berlinda a tão aclamada “humanidade” do Velho Continente. Kassovitz (ótimo ator em filmes como “Um Herói Muito Discreto” e “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”) tinha 27 anos quando fez “O Ódio” e partiu de um episódio real de violência policial para colocar em cena a situação de imigrantes vivendo à sombra do Estado, na periferia de Paris. São três personagens em cena, Vinz, Said e Hubert que, depois de terem um amigo espancado pela polícia (e que está em coma num hospital), viverão uma longa noite de violência, naquele que talvez seja o dia mais importante de suas vidas. Filmado em preto & branco, num estilo cinema-verdade, o filme atinge o espectador como um soco, através de cortes secos, da apurada edição e da atmosfera de tensão crescente que descamba numa violência inevitável. No desejo de falar sobre o seu tempo e seu lugar, Kassovitz (que nunca repetiria o sucesso estrondoso desse filme) realizou um filme assustador e político o suficiente para manter-se sempre atual”.

Festival Afro

As atrações artísticas do 13º Festival Afro-brasileiro continuam no Teatro Reviver Magó às 20h30, de graça. Confira a programação:

30.04 | A Teia “conexões que mudam direções” com Franciely Germano e Guilherme Antonio

01.05 | Baques de lá pra cá: Salve Mãe Helena de Xangô Tundê com Maracatu Roda do Encanto Maringá

02.05 | Afro-sambas – Sambaqueiros

Estreia teatral

O espetáculo “Neverland – a cidade dos livros” estreia neste sábado, dia 30/04, às 19h15 no Teatro Barracão. Em cena, Eduardo Cestari, Nicole Lopes, Thayse Mochi e Vinicius Crepaldi, dirigidos por William Farias, também responsável pela adaptação do texto de Frank Ferraz. Abaixo o calendário de apresentações, sempre no Teatro Barracão e com alguns horários bem inusitados.

Sábado – 30/04 às 19h15

Domingo – 01/05 às 16h20 e às 19h15

Segunda – 02/05 às 20h

Terça – 03/05 às 09h09 e às 14h14

Quarta – 04/05 às 20h

A entrada é gratuita.

Recital

A segunda edição do espetáculo “Mulheres Brasileiras na Música”, com Cinthia Ruivo e Juliana Bischoff, acontece dia 03 às 20h30 no Teatro Reviver Magó.

O duo de piano e voz tem o intuito de levar à comunidade maringaense e da região, o repertório erudito nacional produzido por mulheres brasileiras. Serão apresentadas tanto peças de piano solo, quanto peças de piano e voz que abordam temas relacionados ao cotidiano e a vida, como amor, solidão, saudade, entre outros, todos retratados a partir da visão de mulheres brasileiras, dando voz e visibilidades a essas mulheres. A direção cênica do show é assinada por Lua Lamberti, produção de Juliana Bischoff, iluminação de Bruno Tostes e figurino de Vitória Campanari.

Convite à Música

Na quinta-feira, dia 05 de maio, o Convite à Música recebe o show Quarentena Eletrohits, de Leffs, que contará com releituras de obras marcantes da música brasileira e com o repertório autoral da artista. O espetáculo tem como objetivo promover o deslocamento de grandes obras da MPB para um eu-lírico diverso, um corpo dissidente que, em sua performance, transforma a mensagem e propõe reflexões sobre o nosso tempo e contexto social. O evento é às 20h no Teatro Barracão, de graça.

Coletivo

O Coletivo Sibipiruna terá mais um encontro nos dias 5, 6 e 7 de maio. A edição de Dia das Mães será com o tema “Afeto” e ocorre na Rua, Joaquim Nabuco, 1167, zona 4. Os horários para visitação são das 14h às 21h na quinta e na sexta e das 10h às 18h no sábado. Para quem ainda não conhece esse movimento, trata-se de um espaço de exposição e comercialização de produtos autorais locais ou da região. Nesta edição mais de 30 marcas estarão reunidas.

Arte @hellnv.

Sugestões de pautas e eventos culturais podem ser enviadas para o e-mail [email protected].

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here