Maringá chega aos 10 mil casos confirmados de Covid-19. São 8.474 pacientes recuperados e 159 óbitos pela doença

Por: - 25 de outubro de 2020
Vírus tem o formato de uma coroa / Reprodução

Maringá está perto de chegar a 10 mil casos confirmados de Covid-19. A tendência é que a estatística seja alcançada neste domingo (25/10), quando os números vão ser atualizados por volta das 15 horas. Com os 68 casos confirmados pela Secretaria de Saúde na tarde de sábado (24/10), chegou a 9.949 os casos confirmados de Covid-19, em Maringá.

Não houve registro de óbitos em Maringá neste sábado (24/10). Na sexta-feira (23/10), quando foram confirmados 90 casos da doença, foi confirmada uma morte na cidade. Foi o caso de uma mulher de 85 anos, que sofria de hipertensão e faleceu na quinta-feira (22/10).

No Paraná, segundo informações divulgadas neste sábado (24/10) pela Secretaria Estadual de Saúde, por meio do monitoramento da Covid-19, o Estado soma 204.651 casos e 5.043 mortos em decorrência da doença. Veja mais detalhes aqui.

Sobre os números de Maringá, os dados são atualizados diariamente, no período da tarde, por meio do portal oficial de monitoramento da Secretaria Municipal de Saúde. Acesse aqui para ver mais detalhes.

A cidade tem sentido os reflexos da pandemia desde março de 2020. Várias atividades foram suspensas por decreto em Maringá no mesmo dia em que foi confirmado o primeiro caso na cidade.

Desde o começo da pandemia, Maringá não ficou de fora das divergências entre os que consideraram exageradas as medidas preventivas e os decretos municipais para exigir o isolamento social e restringir a circulação de pessoas nas ruas.

Sete meses depois, é cada vez mais comum ver aglomerações de jovens sem máscaras nas noites de Maringá. O vídeo abaixo mostra jovens reunidos na Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, entre as zonas 4 e 5. O Maringá Post recebeu a gravação de moradores de prédios vizinhos, que estão indignados com o barulho nos fins de semana.

 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.