Prefeitura de Maringá lança campanha de conscientização no trânsito. Até junho, 21 pessoas morreram em acidentes

Por: - 19 de julho de 2019
Lançamento da ação publicitária ocorreu na manhã desta sexta-feira / Murillo Saldanha

Até junho deste ano, 21 pessoas morreram em acidentes de trânsito em Maringá. O número é igual ao registrado no mesmo período do ano passado. Para o secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, é difícil apontar qual é o fator mais perigoso no trânsito da cidade. Mas ele indica que há uma combinação de excesso de velocidade, falta do uso de cinto de segurança, embriaguez ao volante e uso do celular.

Esses aspectos são abordados na campanha publicitária de conscientização no trânsito lançada pela Prefeitura de Maringá na manhã desta sexta-feira (19/7). Com o slogan “Vias seguras para uma cidade mais humana”, as peças publicitárias utilizam imagens da cidade e atores envolvidos em acidentes graves que, apesar de serem retratados na ficção, refletem o que ocorre na vida real.

Dirigir com cinto de segurança, por exemplo, é essencial para reduzir o risco de ferimentos graves e até mesmo mortes em acidentes. No entanto, de acordo com Gilberto Purpur, entre as seis pessoas que morreram neste ano na cidade em acidentes de automóvel, nenhuma utilizava cinto de segurança. Para ele, a campanha publicitária era a ação que faltava para melhorar o trânsito na cidade.

“É a terceira perna do tripé que faltava para termos um trânsito mais seguro. Primeiro a gente tem que ter boas vias e boa sinalização. Em segundo lugar a fiscalização, a Semob [Secretaria de Mobilidade Urabana] é sempre cobrada no aspecto de ter mais fiscalização. O terceiro são as campanhas de educação para o trânsito que são completadas nesse momento”, disse Gilberto Purpur.

Dados do Programa Vida no Trânsito (PVT) apresentados neste ano mostraram que a velocidade, avanço de preferencial e imprudência de pedestres são fatores comuns em mortes no trânsito de Maringá em 2018. Até maio de 2019, o 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros em Maringá realizou 1.117 atendimentos a acidentes de trânsito na cidade. O tratamento para quem sofreu acidente nem sempre é fácil, mas marcado por recaídas e persistência.

A expectativa é que as peças publicitárias comecem a ser veiculadas nos meios de comunicação a partir da próxima semana. Ainda não se sabe qual será o período de veiculação da campanha, mas o prefeito Ulisses Maia (PDT) afirmou que a ideia é que essa seja uma ação permanente.

“Fora o período que conseguiremos viabilizar o pagamento da mídia, contamos com a colaboração dos veículos em continuar divulgando porque é uma campanha da cidade”.

Essa é a segunda ação publicitária desenvolvida pela Única Propaganda, que venceu a licitação de publicidade do município. A primeira peça desenvolvida pela agência foi a divulgação do Programa de Recuperação Fiscal, o Refis 2019.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.