As principais notícias da terça-feira (18/6) no Briefing do Maringá Post

18 de junho de 2019
Imagem ilustrativa / cpqd.com.br

Briefing: Indicativo de greve é aprovado para dia 26 na UEM, ofício indigesto a Ulisses e a PR-317

Olá, aqui é o Murilo. Técnicos e professores da Universidade Estadual de Maringá aprovaram, em assembleia unificada, um indicativo de greve para o dia 26 de junho. Sem reajuste desde 2016, querem a reposição da inflação de 4,94% dos últimos doze meses. Os professores e funcionários das escolas estaduais aprovaram paralisação a partir do dia 25.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o prefeito Ulisses Maia disse que recebeu um ofício “ameaçador” do sindicato que representa os postos de combustíveis. Veja a reportagem e assista a entrevista. Os detalhes estão na página da Jovem Pan no Maringá Post.

Veja também que os empresários de Maringá e região estão dispostos a pagar R$ 2 milhões pelo projeto executivo da PR-317, mas querem compromisso do governador para licitação da obra. Por falar em rodovia, a previsão é que só no final de semana a Avenida Colombo seja totalmente liberada no limite de Maringá com Sarandi.

Tem também a energia elétrica mais cara a partir do dia 24 de junho, as vagas de emprego anunciadas no portal e, para fechar, o bom resultado da atleta do vôlei de praia Ingridh Louise na Tailândia. Após três vitórias, avançou junto com Thamela Coradello, para a segunda fase do Mundial Sub-21. Boa leitura!

Assembleia unificada na UEM aprova indicativo de greve para o dia 26 de junho. Estado não concede reajuste desde 2016

Na Jovem Pan, Ulisses Maia fala sobre preços dos combustíveis e de ofício ‘ameaçador’ do sindicato da categoria

Empresários vão bancar projeto de duplicação da PR-317 se governador fizer obra

Avenida Colombo, no limite de Maringá com Sarandi, fica parcialmente interditada até o final da semana

Energia elétrica da Copel fica mais cara a partir da próxima semana

Tem vaga de atendente na Drogarias Pacheco e de assistente de vendas na Claro. Veja mais

Maringaense avança à chave principal do Mundial de Vôlei de Praia na Tailândia

Este foi mais um Briefing do Maringá Post. Até amanhã!