Briefing: o celular da discórdia nas escolas de Maringá, repelente para os estudantes e as dicas de cinema

Por: - 22 de setembro de 2017
Corredor de um dos shoppings atacadistas de Maringá; setor lida contra crise e concorrência chinesa

Olá, aqui é o Murilo, e eu te convido a degustar o nosso primeiro Briefing do fim de semana. Temos boas opções de leitura sobre economia, uma bela dose de polêmica sobre o uso do celular nas escolas e vocês conferem os lançamentos da semana nos cinemas de Maringá.

1 – O celular da discórdia nas escolas municipais

Uma normativa baixada pela secretária de Educação de Maringá, Valkíria Trindade, que restringe o uso do celular durante atividades pedagógicas ou laborais nas escolas e creches municipais caiu como uma bomba no Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar). A presidente da entidade disparou de imediato. “Se o prefeito defende o uso das redes sociais até para planejar as aulas, por que não usar para o contato com familiares durante o intervalo?”.

Norma sobre uso de celular nas escolas gera polêmica entre Sismmar e secretária

2 – Os shoppings atacadistas e a crise econômica

Reportagem especial do Maringá Post mostra a situação atual dos shoppings atacadistas de confecções da cidade. O setor tem rebolado para lidar com a crise nacional e com a concorrência dos produtos chineses. Veja o que os empresários têm feito para recuperar espaço no mercado da moda.

Shoppings atacadistas de Maringá lutam contra a crise: VestSul tem mais de 50 lojas fechadas

3 – Comércio tem melhor saldo de empregos em agosto

O comércio de Maringá abriu mais de 300 vagas de trabalho no mês de agosto, segundo dados do Ministério do Trabalho. O bom desempenho do setor ajudou a cidade a conquistar a 37ª colocação do País, entre as cidades que mais criaram oportunidades de emprego em 2017.

Maringá é a primeira do Paraná na criação de vagas de trabalho; indústria e construção civil vão mal

4 – Rapidinha do Post

Os vereadores de Maringá aprovaram e o prefeito sancionou a lei que prevê a disponibilização de repelentes para os alunos que estudam em estabelecimentos de ensino que ficam próximos a fundos de vale. A intenção é prevenir as crianças contra os ataques do Aedes aegypti.

A lei municipal autoriza a abertura de um crédito adicional de até R$ 50 mil para comprar os repelentes. Resta aguardar para ver se a proposta sai do papel, onde o direito dos estudantes, contra os insetos, foi garantido.

5 – Aproveite o fim de semana nos cinemas

Quer uma sugestão mais light para o fim de semana. O Maringá Post preparou uma reportagem com os lançamentos da semana. Leia e aproveite para ver os trailers das estreias.

“Mãe”, “O Assassino: o Primeiro Alvo” e “Divórcio” estreiam nos cinemas de Maringá

Este foi mais um Briefing. Aproveite o fim de semana! Até mais!

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.