Lei dos supermercados vai para Ulisses sancionar, vetar ou se abster

Por: - 26 de abril de 2018

O líder do prefeito na Câmara de Maringá, Jean Marques (PV), não estava no plenário no momento da votação em terceira discussão do projeto de lei que autoriza os supermercados a abrir apenas um domingo por mês.

O vereador estava concedendo entrevista no momento da votação. Disse que a matéria é inconstitucional e que não deverá ter nenhum efeito prático. Por decisão judicial.

Na segunda discussão, Marques votou contra. O vereador Homero Marchese (Pros) também.

Nesta quinta-feira (26/4), o placar foi 11 a 1.

O projeto de lei agora segue para o Executivo, que tem 15 dias para sancionar, vetar ou não fazer nada. Nesse caso, volta para a Câmara, para promulgação pela presidência.

A prática do prefeito Ulisses Maia (PDT) tem sido de sancionar o que a Câmara aprova. Quando não concorda, deixa como está pra ver como é que fica…

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.