Homem é condenado a 55 anos de prisão por participação em tentativa de mega assalto em Guarapuava

mega assalto Guarapuava
Compartilhar

Um homem suspeito de participar de uma tentativa de mega assalto em Guarapuava (aproximadamente 300 km de Maringá) foi condenado a 55 anos de prisão em regime fechado. Ele também deve pagar uma multa de R$ 300 mil.

Anderson Parra Pereira, conhecido como “Pezão”, estaria envolvido no planejamento e execução do crime, que ocorreu em abril do ano passado. Ele está preso desde maio de 2022 e foi condenado por latrocínio, incêndio, sequestro, dano ao patrimônio público e porte de armas de uso restrito.

A defesa do réu alega inocência. Pereira ainda pode recorrer da decisão.

RELEMBRE O CASO

Na noite de 17 de abril de 2022, mais de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores, em Guarapuava.

De acordo com relato de testemunhas, os assaltantes fizeram moradores reféns e fecharam os acessos da cidade. Além disso, eles atacaram a sede do 16º Batalhão de Polícia Militar e incendiaram diversos veículos, com a intenção de impedir a locomoção das equipes policiais.

Durante o confronto armado, três pessoas foram baleadas, entre elas dois policiais militares e um morador da cidade. O cabo Ricieri Chagas ficou em estado grave e não resistiu.

Foto: Reprodução


Compartilhar