Chegam as pistolas calibre 380 e Guarda Municipal de Maringá começa treinamento de tiro em curso de 254 horas de duração

Por: - 15 de novembro de 2018
Lançamento da Operação Eleições da PM e da Guarda Municipal - Foto: Camila Simões

Os 35 guardas municipais de Maringá aprovados no curso de formação em segurança pública da Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças começam o treinamento prático de tiro no dia 26 deste mês, uma segunda-feira, com 254 horas de duração.

As 50 pistolas Taurus TH Hammer calibre 380, compradas por R$ 197,7 mil já chegaram e se somam aos dez revólveres Taurus calibre 38 e 14 escopetas calibre 12 que compõem o arsenal da Guarda Municipal (GM), que deverá passar a fazer patrulhamento com armas letais em 2019.

O secretário de Segurança Pública, Antônio Padilha, disse que armar a GM foi compromisso de campanha do prefeito e que “a comunidade não precisa se preocupar. Serão armados apenas os guardas que passaram por curso teórico e prático com mais de 800 horas e rigorosa avaliação psicológica”.

O tenente-coronel Padilha observou que há previsão da aquisição de mais um lote de armas para 2019. “Os equipamentos podem ser apreendidos em inquéritos policiais e outros procedimentos, necessitar reparos e manutenções que nos obrigam a ter armas reservas”, afirmou.

O instrutor da Polícia Militar, sargento Barion, destacou a responsabilidade do guarda municipal na utilização do armamento. “Um projétil de pistola pode percorrer 500 a 600 metros e o de fuzil pode chegar a 5 quilômetros. A partir daí podemos imaginar o risco de um tiro perdido”, assinalou.

O prefeito Ulisses Maia disse que foram investidos “R$ 365 mil em armamentos e que “em breve a corporação contará com uma sede própria em ponto estratégico, uma região com a presença de delinquentes”. O Estatuto da Guarda Municipal está sendo elaborado para ser enviado à Câmara.

Em março deste ano, a previsão inicial era armar a Guardar Municipal “em outubro, se der certo”. Naquele momento estavam em andamento uma série de licitações visando ao uso de armas letais, como coletes balísticos e vários tipos de alvos. Também foram licitadas algemas e uniformes.

Investimentos em armas e munições

– 50 Pistolas cal. 380 Taurus TH Hammer

Valor unitário – R$ 3.955,98

Valor total – R$ 197.799,00

– 10 Revólveres cal. 38

Valor unitário – R$ 2.367,02

Valor total – R$ 23.670,20

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

14 Escopetas cal. 12 Boito

Valor unitário – R$ 3.915,34

Valor total – R$ 54.814,76

Munições

– Cal 39 – R$ 22.558,00 – 6.000 unidades

– Cal 12 – R$ 27.558,00 – 6.300 unidades

Valor total: R$ 49.878,00

Spark

– 100 Baterias

– 50 Coldres

– 15 Carregadores

Valor total: R$ 39.760,05

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.