Grupo de 11 médicos de Maringá está à frente do complexo hospitalar Unique Medical Center

Por: - 6 de novembro de 2019
Complexo hospitalar deve começar a ser construído em março de 2020 / Divulgação

Um grupo de 11 médicos com experiência no segmento de saúde em Maringá está à frente do Unique Medical Center, complexo hospitalar anunciado pela prefeitura e que deve começar a ser construído em março de 2020 na cidade. O médico Antonio Fiel Cruz Jr. vai ser o diretor técnico médico do Unique Medical Center. Ele também é diretor técnico médico do Grupo São Camilo e professor adjunto do curso de Medicina na Uningá. 

Com mais de 30 anos no segmento de saúde, o administrador hospitalar, Roberto Madid, é o CEO do empreendimento e tende a ocupar o cargo de diretor-geral do complexo hospitalar. Ele atuou na implantação de cerca de 32 aparelhos de saúde e a última experiência profissional havia sido como Diretor de Implantação e Novos Negócios no Grupo Hapivida, com sede em Fortaleza (CE), até setembro de 2018.

Segundo Roberto Madid, o projeto do Unique Medical Center começou a ser desenvolvido há sete anos. Há cerca de dois anos o grupo de médicos apresentou o projeto na Secretaria de Planejamento Urbano (Seplan), responsável por liberar a construção. Na terça-feira (5/11), o prefeito Ulisses Maia (PDT) recebeu o grupo de investidores e anunciou a construção do complexo hospitalar.

A Seplan liberou a obra e o empreendimento vai começar a ser construído em março de 2020. A previsão é que fique pronto em 18 meses, após o início da construção. O projeto prevê a implementação de 230 consultórios, 220 leitos, 20 deles de UTI e dez salas de cirurgia para procedimentos de alta complexidade. 

Instalado na Avenida Joaquim Duarte Moleirinho, no Jardim Itália, o empreendimento vai ter duas torres, uma de consultórios com 23 andares e a do hospital, com 8, num total de 56 mil m². A previsão é criar 3 mil empregos.

“Maringá está há 42 anos sem um novo hospital, a maioria dos hospitais é antigo, foram inaugurados há mais de 50 ou 60 anos. Fazem 42 anos que a cidade não tem um aparelho de saúde novo e Maringá merece esse equipamento para se atualizar”, diz Madid. 

De acordo com o CEO do empreendimento, os consultórios vão ser comercializados para médicos ou investidores. O pré-lançamento com o início das vendas é previsto para  ocorrer após o Carnaval. Apenas com o anúncio do complexo hospitalar, o site do empreendimento recebeu mais de 250 acessos e pedidos de informações para compra e reserva de espaço. 

Segundo Roberto Madid, devem ser investidos R$ 150 milhões na construção do Unique Medical Center. Ele não revelou qual a expectativa de retorno financeiro do grupo de médicos com a comercialização do espaço.  

“É um projeto inovador, que vai transformar a cidade de Maringá em um polo de saúde e vai atrair muitos pacientes de outras cidades para cá. Isso gera movimento em restaurante, no comércio, bares, hotéis e nas empresas que comercializam materiais e serviços de saúde”, afirma.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.