CPI da TCCC na abertura do semestre da Câmara de Maringá

Por: - 1 de agosto de 2018
Castrações de cães e gatos programadas para o fim de agosto em Maringá e região vão ser reagendadas / Divulgação PMM

Com cinco assinaturas, dos vereadores Alex Chaves (PHS), Sidnei Telles (PSD), Jean Marques (PV), Flávio Mantovani (PPS) e William Gentil (PTB), a Câmara de Maringá vai abrir nesta quinta-feira (2/8) a CPI da TCCC.

Chaves explicou que o objetivo é fazer um estudo técnico sobre o contrato de concessão do transporte coletivo de Maringá. A iniciativa dos vereadores foi tomada após as discussões do reajuste da tarifa e as medidas adotadas pela administração municipal sobre um possível rompimento do contrato.

Se os vereadores manterem as assinaturas e a CPI for realmente aberta, cinco membros vão ser escolhidos para analisar cinco pontos.

  • As atuais condições econômicas da empresa Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC).
  • O procedimento licitatório, incluindo a composição tarifária inicial, por meio do qual foi concedido o serviço de transporte coletivo à empresa concessionária.
  • As cláusulas do contrato firmado entre o município e a empresa concessionária do serviço.
  • A composição do valor tarifário e sua relação ao equilíbrio contratual, considerando os eventuais investimentos da empresa.
  • A existência efetiva de razões para a ruptura do contrato firmado entre as partes em questão.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.