Do contato com animais ao Museu do Videogame. Veja 10 atrações para as crianças na Expoingá

Por: - 1 de maio de 2018
Museu do Videogame volta à Expoingá 2018 com mais de 300 consoles / Divulgação

Os críticos vão afirmar que é tudo igual. E não estão totalmente errados. Mas a repetição é um atrativo para as crianças na Expoingá. Quando se acostumam a visitar todos os anos a feira, com os pais ou com a escola, os pequenos querem rever tudo o que gostaram.

Os mais novos vão se encantar com a diversidade de animais e os adolescentes vão querer passar horas e horas nos brinquedos ou no Museu do Videogame. Os consoles, dos mais antigos aos mais modernos, fizeram sucesso em 2017 e estão de volta à Expoingá 2018.

Longe da perspectiva de negócios, dos cursos técnicos e palestras, divulgação de marcas, produtos da agroindústria ou novidades, o Maringá Post fez um guia simples das atrações para as crianças na Expoingá.

1 – Fazendinha

A Fazendinha apresenta em 2018 um “manequim” de uma vaca. Com tamanho natural, o objetivo é demonstrar o processo de produção de leite, inclusive, com a simulação da ordenha.

Outro atrativo é a Maquete Ambiental, que oferece 30 metros de caminhada por um bosque. A experiência permite sentir a textura e o aroma de uma planta ou identificar uma flor, pelo toque. Quem desejar, poderá percorrer a mata com os olhos vendados. As vendas serão descartáveis e fornecidas na entrada da Unidade.

Quem levar as crianças à Fazendinha, também pode mostrar o ciclo do bicho da seda ou interagir na área de psicultura. Ao lado da lagoa, são distribuídos potinhos com ração para os pequenos alimentarem os peixes.

2 – Parque de Diversões

Em 2018, a Yupie Park vai montar o Trenzinho Elétrico, que proporciona um passeio para a família ou grupos de amigos.

Outro brinquedo estreante é o Mini Bate-Bate com Carrinhos Retrô, divertimento para crianças de 4 a 12 anos. Para o público infantil também tem o Carrosel, Elefantinhos do Flying Dumbo, Circuito Jurassic e Spin Train.

A terceira novidade na Expoingá 2018 é o Chapéu Mexicano em versão customizada. Com capacidade para 44 pessoas, a atração funciona com o tradicional giro e as cadeiras dançantes que atingem à altura máxima de 20 metros.

Tem ainda as montanhas russas, o The King, Crazy Dance, Disko, Torre Free Fall, Kamikaze, Casa Maluca Magic Circus, Shock Wave, Roda Gigante (com luzes de led), Kaboom – Bumper Cars (carrinho de bate-bate).

3 – Pequenos animais

Cerca de 500 pássaros, entre periquitos, canários e outras espécies. Perto de 250 peixes  ornamentais de água doce e marinha. Além de cães, gatos, coelhos, hâmsters e outros. 

No pavilhão dos Pequenos Animais, cerca de 20 expositores divulgam suas criações. Tem que ir preparado, no ano de 2017, mais de 200 bichinhos de estimação foram negociados durante a feira.

O horário de funcionamento é das 14h às 22h, de segunda à sexta. No sábado, domingo e feriado é das 10h às 22h.

4 – Museu do Videogame

O Museu Itinerante do Videogame está de volta à Expoingá 2018. São mais de 300 consoles e jogos que contam a história dos 46 anos de criação dos games no mundo.

Além de conhecer a história dos videogames, as pessoas podem experimentar jogos antigos e os mais recentes lançamentos do mercado.

Primeiro do gênero no país, o Museu reúne gerações de games, que vão do Telejogo, Atari, Nintendinho, Master System, Mega Drive e Super Nintendo, aos mais recentes modelos, como PlayStation 4, Xbox One e Wii U.

5 – Passeio nos pôneis

Para as crianças mais novas, os passeios nos pôneis e nos bois, ao lado do Pavilhão de Pequenos Animais podem ser uma atração divertida. São passeios curtos e pagos, mas para muitos pequenos, é a única oportunidade de montar num animal.

Tradicional nas feiras agropecuárias, os passeios nos pôneis e bois também são um atrativo para as crianças na Expoingá.

6 – Pavilhão das ovelhas

As crianças nem se importam com a força da ovinocultura na Expoingá 2018. Serão doze raças de ovinos, cinco delas pela primeira vez na exposição.

O que pode chamar mesmo a atenção dos pequenos é a aproximação com os animais, o barulho dos bichos, os filhotes e a diversidade das raças.

7 – Porca com filhotes

No estande da suinocultura também não importa aos pequenos saber se a carne de porco está com cada vez menos gordura e mais saudável.

O atrativo do estande, além de alguns porcos em exposição, é uma grande porca com filhotes que anualmente é levada para a Expoingá. As crianças adoram ver os porquinhos na briga de espaço na hora de se alimentar.

8 – Estandes dos bois

Entre os bovinos, que também terão mais diversidade na edição de 2018, as crianças não se importam com a genética ou com as mostras nacionais.

A diversão é se aproximar, quem sabe passar a mão em um animal, se surpreender com o tamanho dos bois e ver os bezerros bem de perto.

9 – Lembranças da feira

Toda criança gosta de presente e na Expoingá, nos pavilhões comerciais ou nas barracas, sempre tem alguma lembrança que os pequenos vão querer comprar.

A parte boa é que diversas empresas distribuem bexigas e outros brindes que ajudam os pais na hora da negociação.

10 – Guloseimas

Depois de percorrer todo o Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro, a criançada vai ficar com fome. As barracas vendem batata, crepes, churrasco, pastel, cachorro-quente, espetinhos de porco, de carneiro, entre muitas outras opções.

Mas é claro que as crianças que apreciam um doce também podem ficar com vontade e pedir para comer uma maçã do amor, uma cocada, um doce de leite, uma fruta coberta com chocolate, um churros, ou alguma outra guloseima.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.