Do contato com animais ao Museu do Videogame. Veja 10 atrações para as crianças na Expoingá

Por: - 1 de maio de 2018
Museu do Videogame volta à Expoingá 2018 com mais de 300 consoles / Divulgação

Os críticos vão afirmar que é tudo igual. E não estão totalmente errados. Mas a repetição é um atrativo para as crianças na Expoingá. Quando se acostumam a visitar todos os anos a feira, com os pais ou com a escola, os pequenos querem rever tudo o que gostaram.

Os mais novos vão se encantar com a diversidade de animais e os adolescentes vão querer passar horas e horas nos brinquedos ou no Museu do Videogame. Os consoles, dos mais antigos aos mais modernos, fizeram sucesso em 2017 e estão de volta à Expoingá 2018.

Longe da perspectiva de negócios, dos cursos técnicos e palestras, divulgação de marcas, produtos da agroindústria ou novidades, o Maringá Post fez um guia simples das atrações para as crianças na Expoingá.

1 – Fazendinha

A Fazendinha apresenta em 2018 um “manequim” de uma vaca. Com tamanho natural, o objetivo é demonstrar o processo de produção de leite, inclusive, com a simulação da ordenha.

Outro atrativo é a Maquete Ambiental, que oferece 30 metros de caminhada por um bosque. A experiência permite sentir a textura e o aroma de uma planta ou identificar uma flor, pelo toque. Quem desejar, poderá percorrer a mata com os olhos vendados. As vendas serão descartáveis e fornecidas na entrada da Unidade.

Quem levar as crianças à Fazendinha, também pode mostrar o ciclo do bicho da seda ou interagir na área de psicultura. Ao lado da lagoa, são distribuídos potinhos com ração para os pequenos alimentarem os peixes.

2 – Parque de Diversões

Em 2018, a Yupie Park vai montar o Trenzinho Elétrico, que proporciona um passeio para a família ou grupos de amigos.

Outro brinquedo estreante é o Mini Bate-Bate com Carrinhos Retrô, divertimento para crianças de 4 a 12 anos. Para o público infantil também tem o Carrosel, Elefantinhos do Flying Dumbo, Circuito Jurassic e Spin Train.

A terceira novidade na Expoingá 2018 é o Chapéu Mexicano em versão customizada. Com capacidade para 44 pessoas, a atração funciona com o tradicional giro e as cadeiras dançantes que atingem à altura máxima de 20 metros.

Tem ainda as montanhas russas, o The King, Crazy Dance, Disko, Torre Free Fall, Kamikaze, Casa Maluca Magic Circus, Shock Wave, Roda Gigante (com luzes de led), Kaboom – Bumper Cars (carrinho de bate-bate).

3 – Pequenos animais

Cerca de 500 pássaros, entre periquitos, canários e outras espécies. Perto de 250 peixes  ornamentais de água doce e marinha. Além de cães, gatos, coelhos, hâmsters e outros. 

No pavilhão dos Pequenos Animais, cerca de 20 expositores divulgam suas criações. Tem que ir preparado, no ano de 2017, mais de 200 bichinhos de estimação foram negociados durante a feira.

O horário de funcionamento é das 14h às 22h, de segunda à sexta. No sábado, domingo e feriado é das 10h às 22h.

4 – Museu do Videogame

O Museu Itinerante do Videogame está de volta à Expoingá 2018. São mais de 300 consoles e jogos que contam a história dos 46 anos de criação dos games no mundo.

Além de conhecer a história dos videogames, as pessoas podem experimentar jogos antigos e os mais recentes lançamentos do mercado.

Primeiro do gênero no país, o Museu reúne gerações de games, que vão do Telejogo, Atari, Nintendinho, Master System, Mega Drive e Super Nintendo, aos mais recentes modelos, como PlayStation 4, Xbox One e Wii U.

5 – Passeio nos pôneis

Para as crianças mais novas, os passeios nos pôneis e nos bois, ao lado do Pavilhão de Pequenos Animais podem ser uma atração divertida. São passeios curtos e pagos, mas para muitos pequenos, é a única oportunidade de montar num animal.

Tradicional nas feiras agropecuárias, os passeios nos pôneis e bois também são um atrativo para as crianças na Expoingá.

6 – Pavilhão das ovelhas

As crianças nem se importam com a força da ovinocultura na Expoingá 2018. Serão doze raças de ovinos, cinco delas pela primeira vez na exposição.

O que pode chamar mesmo a atenção dos pequenos é a aproximação com os animais, o barulho dos bichos, os filhotes e a diversidade das raças.

7 – Porca com filhotes

No estande da suinocultura também não importa aos pequenos saber se a carne de porco está com cada vez menos gordura e mais saudável.

O atrativo do estande, além de alguns porcos em exposição, é uma grande porca com filhotes que anualmente é levada para a Expoingá. As crianças adoram ver os porquinhos na briga de espaço na hora de se alimentar.

8 – Estandes dos bois

Entre os bovinos, que também terão mais diversidade na edição de 2018, as crianças não se importam com a genética ou com as mostras nacionais.

A diversão é se aproximar, quem sabe passar a mão em um animal, se surpreender com o tamanho dos bois e ver os bezerros bem de perto.

9 – Lembranças da feira

Toda criança gosta de presente e na Expoingá, nos pavilhões comerciais ou nas barracas, sempre tem alguma lembrança que os pequenos vão querer comprar.

A parte boa é que diversas empresas distribuem bexigas e outros brindes que ajudam os pais na hora da negociação.

10 – Guloseimas

Depois de percorrer todo o Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro, a criançada vai ficar com fome. As barracas vendem batata, crepes, churrasco, pastel, cachorro-quente, espetinhos de porco, de carneiro, entre muitas outras opções.

Mas é claro que as crianças que apreciam um doce também podem ficar com vontade e pedir para comer uma maçã do amor, uma cocada, um doce de leite, uma fruta coberta com chocolate, um churros, ou alguma outra guloseima.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.