Lula define escolha de novo juiz do TRE-PR; Corte fica completa para julgamento de Moro

Compartilhar

Nomeação do novo juiz deve ser publicada no Diário Oficial da União nesta semana. Julgamento do senador está previsto para ocorrer ainda em fevereiro.

Por Redação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já escolheu o nome que deverá ocupar a vaga de novo juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Trata-se do jurista José Rodrigo Sade. O nome dele estava na lista tríplice do TRE que foi aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Após a aprovação do TSE, cabe ao presidente indicar os integrantes em cada tribunal regional.

A informação da escolha de Sade foi veiculada inicialmente pelo portal RIC Notícias. A expectativa é de que a nomeação do futuro juiz seja publicada no Diário Oficial da União (DOU) ainda nesta semana, o que não ocorreu nas edições dessa quarta (7) e quinta-feira (8).

A nomeação de um novo integrante para o TRE-PR é um passo importante rumo ao julgamento da ação que pode resultar na perda do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil). Atualmente, a Corte está com um juiz a menos, desde o fim do mandato de Thiago Paiva dos Santos, que se encerrou em 21 de dezembro de 2023.

Na cerimônia de posse da nova presidência do Tribunal, no dia 1º de fevereiro, o presidente do colegiado, Sigurd Roberto Bengtsson, informou que o TRE aguardava a indicação de um novo juiz para dar continuidade ao processo.

Moro é acusado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e pelo Partido Liberal (PL) de abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de 2022. As ações dos dois partidos foram unificadas em um único processo pelo próprio TRE, em 2023. Mesmo que o senador seja condenado pela Corte estadual, a perda de mandato dependerá do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A expectativa, de acordo também com o portal RIC Notícias, é de que o julgamento no TRE ocorra no dia 19 de fevereiro.

Imagem Ilustrativa/Arquivo/Agência Brasil


Compartilhar