Ratinho recebe idealizadores do Pólo Cinematográfico de Maringá e promete apoio

Por: - 10 de junho de 2021
Polo Cinematográfico de Maringá com Ratinho Jr
A equipe do Pólo Cinematográfico de Maringá recebida pelo governador Ratinho Júnior, deputado Doutor Batista e a superintendente estadual de Cultura

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) manifestou apoio total ao projeto de implantação de um pólo cinematográfico em Maringá e disse que manterá diálogo com os idealizadores do projeto para definir como o governo estadual pode contribuir com a concretização da ideia.

Ratinho recebeu em seu gabinete nesta quarta-feira o idealizador do pólo, José Padilha, para iniciar as conversas sobre o assunto, junto com a superintendente geral de Cultura, Luciana Casagrande.

O deputado Doutor Batista (DEM), entusiasta e apoiador do projeto, disse ao governador que está confiante que o Polo Cinematográfico de Maringá terá grande peso na geração de empregos e movimentação da economia.Ele acredita que os impactos poderão ser sentidos no Estado inteiro.

Aspecto econômico

A proposta pretende gerar 10 mil novos empregos diretos na região, uma vez que a média de postos de trabalho numa produção cinematográfica gira em torno de mil pessoas. Padilha citou como exemplos disso filmes “Hebe – A Estrela do Brasil”, que gerou 1.267 empregos diretos, e “Bacurau”, com média de 800.

Mas a repercussão econômica é ainda maior, segundo o idealizador do pólo. Todos os dias serão milhares de refeições em pequenos comércios, produtos adquiridos em mercados, a rede hoteleira é impulsionada, inclusive a indústria cinematográfica que supera a indústria farmacêutica e automobilística, acaba fomentando outras indústrias como a do turismo.

Contrapartida social

O projeto apresenta a proposta de contrapartida social. Jovens acima dos 14 anos, preferencialmente oriundos de famílias de baixa renda, receberão gratuitamente formação de cinema em modalidade de contraturno com profissionais de qualificação notória, fazendo com que num período curto de 6 anos a região conte com centenas e milhares de jovens cineastas com aproximadamente 20 anos levando o nome de Maringá além das fronteiras.

Padilha esteve no Palácio Iguaçu acompanhado de outros artistas envolvidos com o projeto do Pólo Cinematográfico de Maringá, como o teatrólogo Vital Ben Waisermmam, encarregado pela Comunicação, Vagner Valério, Vanessa Loppez e Maurício Borges.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.