Para Maia, abertura dos supermercados mostra falta de amor ao próximo

Por: - 6 de junho de 2021
Supermercados de Maringá abrem domingo
Supermercados de Maringá driblam os decretos restritivos e ganham na Justiça o direito de abrir neste domingo

“Tem gente que só pensa no lucro. Que absurdo, que falta de amor ao próximo”. Assim o prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD), se expressou em suas redes sociais com relação à liminar que a Associação Paranaense de Supermercados (Apras) conseguiu na Justiça para que a abertura dos supermercados de Maringá aconteça normalmente neste domingo, 6. Um decreto com medidas restritivas para prevenção ao coronavírus, assinado por Maia na semana passada, definia que o comércio maringaense não abriria neste domingo para impedir maior circulação do coronavírus.

Para o prefeito, falta ao setor supermercadista sensibilidade e falta de comprometimento com as pessoas, especialmente funcionários e clientes, neste momento em que o setor médico de Maringá vive seu pior momento desde o início da pandemia de covid-19, com 100% dos leitos de UTI ocupados e pessoas com covid aguardando vaga para serem internadas.

A abertura dos supermercados em Maringá pode servir, inclusive, para atrair clientes vindos de outras cidades da região onde pode estar ocorrendo grande circulação do coronavírus.

 

Veja outras notícias de Maringá

“Um dia, apenas um domingo, sem abrir não vai quebrar nenhum grande supermercado. Mas, um dia pode ser fatal para uma vida. Pensem nisso, apelo aos mercados que reflitam, que tenham empatia. Economia se recupera, vida não!”, desabafou Ulisses Maia nas suas redes sociais.

Esta não é a primeira vez que supermercados conseguem driblar as medidas restritivas de combate à covid por força de liminares na Justiça. Inclusive, o lockdown decretado em Campo Mourão quando acabaram-se todas as vagas de UTI da cidade, foi frustrado por uma liminar em favor da abertura dos supermercados.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.