Vestibular da UEM começa domingo com mais de 14 mil candidatos

A UEM está ofertando 2.989 vagas, resultado da soma das vagas dos vestibulares de Inverno e de Verão que não puderem ser realizados em 2020

Por: - 17 de maio de 2021
Vestibular UEM
Neste vestibular a Universidade Estadual de Maringá oferece quase 3 mil vagas

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) realiza no próximo domingo, dia 23, seu primeiro vestibular desde o início da pandemia. Para este concurso, a instituição recebeu 14.272 inscrições, sendo que dessas, 8.314 são de candidatos residentes em Maringá.

O vestibular foi confirmado pela Comissão Central do Vestibular da UEM (CVU/UEM), com provas acontecendo também na segunda-feira.

A presidente da CVU, Maria Marçal Natali, disse que no domingo a prova é composta por questões de Conhecimentos Gerais e Redação. Já no segundo dia, as questões são objetivas e abordam as áreas de conhecimentos específicos, de Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa e de Língua Estrangeira. 

As provas serão aplicadas em Maringá, Apucarana, Campo Mourão, Curitiba, Cascavel, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Umuarama e Paranavaí.

 

Documentos

 

Nos dois dias de provas, a entrada dos candidatos aos locais dos exames será permitida no horário das 13h20 às 13h50. O inscrito deverá apresentar o documento de identificação original com foto e em bom estado de conservação.

Os inscritos deverão verificar com antecedência no cartão informativo, disponível no menu do candidato (www.vestibular.uem.br), os locais de prova para evitar dúvidas e aglomerações.

Candidatos com documentos recentemente extraviados, furtados ou roubados, deverão apresentar o Boletim de Ocorrência Policial (BO) impresso original, com registro detalhado da ocorrência, expedido há, no máximo, 30 dias. 

Documentos como certidão de nascimento, certidão de casamento, título de eleitor, Carteira Nacional de Habilitação sem foto, carteira de estudante, carteira funcional de natureza pública ou privada, protocolo de requerimento de expedição de qualquer tipo de documento e quaisquer documentos em meio eletrônico não serão aceitos.

  

Protocolo de biossegurança 

Para garantir maior segurança dos envolvidos no processo, a UEM adotou diversas medidas de segurança aprovadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). “Devido ao distanciamento necessário entre os candidatos, a ocupação das salas será de 50%. Diante deste fato, tornou-se necessário a contratação de cerca de 1800 fiscais que receberam treinamento para aplicarem as provas com máxima segurança. Também será disponibilizado álcool 70% em gel nas dependências dos locais de aplicação das provas; o candidato deverá levar sua própria garrafinha de água transparente, pois não será permitido o uso de bebedouros, como também não será permitido o consumo de alimentos”, explica Maria Raquel Marçal Natali.

Outras notícias de Maringá

O protocolo ainda prevê a obrigatoriedade da utilização de máscara durante todo o tempo em que o candidato permanecer na instituição. Ele deverá portar uma máscara reserva que será trocada após 2 horas de início da prova. Conforme o edital, o candidato também deverá levar sua caneta de tinta cor azul-escuro e de corpo transparente.

 

Das vagas

O Vestibular 2020 da UEM está ofertando 2.989, resultado da soma das vagas do Vestibular de Inverno e do Vestibular de Verão 2020. A distribuição dessas vagas segue da seguinte maneira: 60% para o Sistema Universal (não cotistas); 20% para o Sistema de Cotas Sociais, de acordo com a Resolução n.º 008/2020-CEP; e 20% para o Sistema de Cotas para Negros. Destes, 75% são para Cotas Sociais para Negros e 25% para as demais Cotas para Negros, de acordo com a Resolução n.º 028/2019-CEP.

 

Plantão CVU

A Comissão do Vestibular estará oferecendo plantão, inclusive no sábado (22), das 8h às 18h, na sede (Bloco 28) para tirar dúvidas dos candidatos, com atendimento também por whatsapp (44) 3011-4450.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.