Prefeito sanciona indenização para famílias de servidores vítimas da Covid-19

servidores vítimas da Covid-19

O prefeito Ulisses Maia (PSD) sancionou a lei nº 11.249 que institui a indenização de R$ 50 mil para famílias de servidores vítimas da Covid-19 que atuavam na linha de frente no combate da pandemia. O documento foi publicado na terça (30/3) no Órgão Oficial da Prefeitura de Maringá.

O prefeito lamentou mais uma vez a morte dos servidores e agradece todo o trabalho prestado para o enfrentamento da pandemia. “Não há dinheiro que pague a dor de perder alguém. A indenização é uma forma de reconhecer o trabalho e esforços dos profissionais da linha de frente”, disse.

São cinco servidores da linha de frente que morreram por complicações da Covid-19 em Maringá: Luís Carlos de Azevedo, de 47 anos, técnico de enfermagem da UPA Zona Norte; Jorge Karigyo, 62 anos, médico da UPA Zona Sul; Celina Antonio da Silva Souza, 51 anos, enfermeira e coordenadora da UPA Zona Norte; Sônia Fátima Corcetti Facimoto, 53 anos, técnica de enfermagem da UPA Zona Norte; Julia Leite, 64 anos, auxiliar de enfermagem da Unidade de Pronto Atendimento Zona Norte.

Durante a primeira sessão da Câmara neste ano, o prefeito Ulisses Maia anunciou três propostas voltadas ao funcionalismo público da cidade: a implementação de uma gratificação aos servidores que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, a indenização por morte aos familiares dos servidores vítimas da Covid-19 e a implementação de cotas raciais para os novos concursos públicos.

Em entrevista ao Maringá Post, o secretário-geral do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá (Sismmar), Matheus Luz, afirmou que, apesar de o valor não cobrir a perda, a indenização é algo positivo.

“Somos favoráveis, pois os servidores que morreram merecem essa indenização. Sabemos que isso não vai nem minimamente ocupar a perda desses familiares, mas é algo positivo visto que alguns desses servidores eram responsáveis pela renda familiar. Esse dinheiro virá em uma boa hora”, disse.

Com informações da Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Maringá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *