Idosos com 78 anos ou mais são vacinados nesta sexta-feira (12/3) em Maringá

Por: - 12 de março de 2021
Idosos
Idosos são vacinados em drive thru no Teatro Calil Haddad / Aldemir de Moraes / SIACOM

Nesta sexta-feira (12/3), a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Maringá contemplará idosos com 78 anos ou mais que devem receber a primeira ou a segunda dose da vacina. Os profissionais de saúde recebem apenas a segunda dose do imunizante.

Quem já recebeu a primeira dose, deve conferir no cartão de vacinação se chegou o dia de receber o reforço.

Veja os locais de vacinação:

Público: idosos com 78 anos ou mais (1ª ou 2ª dose)

  • Locais: UBS Tuiuti, UBS Mandacaru, UBS Guaiapó-Requião, UBS Pinheiros e Policlínica Zona Sul – Horário: 9h às 18h
  • Drive Thru no Teatro Calil Haddad, com entrada pela rua Vítor Meirelles – Horário: 9h às 16h

Público: somente trabalhadores ativos da saúde que tomarão a 2ª dose

  • Horário: das 8h às 17h
  • Local: Sala de Vacina da Secretaria de Saúde

Vacinômetro

A a Secretaria de Saúde de Maringá vacinou 78 pessoas com a segunda dose da vacina contra o coronavírus na quinta-feira (12/3). Foram 55 idosos idosos e 23 trabalhadores da saúde da linha de frente.

Desde o início da campanha de vacinação, 23.553 pessoas foram vacinadas em Maringá. O total de vacinados permanece igual ao último vacinômetro porque é o acumulado das pessoas que tomaram a 1ª dose. Na quinta, a campanha contemplou somente o público que deveria tomar o reforço.

Novo lote de vacinas

O Governo do Paraná distribuiu na quarta-feira (10/3) um novo lote de vacinas contra a Covid-19. São 79.630 doses do imunizante CoronaVac, produzido pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

A 15ª Regional de Saúde recebeu, ainda na noite de quarta, 6.250 doses. Desse total, 2.910 foram destinadas para Maringá e o restante distribuído entre os outros municípios.

Consórcio nacional para compra de vacinas

O prefeito Ulisses Maia (PSD) sancionou, na tarde de quinta-feira (11/3), a lei que autoriza o município ingressar no consórcio nacional pra compra de vacinas contra a Covid-19. A adesão ao consórcio, liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), foi aprovada na Câmara de Maringá durante sessão na manhã desta quinta.

Com o consórcio, o município passa a ter três caminhos para adquirir a vacina, pela FNP, pelo Ministério da Saúde ou pela compra direta. A prefeitura informou que tem reserva de R$ 110,3 milhões para adquirir as vacinas e insumos suficientes para a campanha de vacinação.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.