Motoristas impedem saída de ônibus da garagem e paralisação entra no terceiro dia

Por: - 10 de fevereiro de 2021
Transporte coletivo

Os motoristas do transporte coletivo continuam concentrados nesta quarta-feira (10/2) em frente à garagem das empresas Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC) e Cidade Verde. Os funcionários impedem a saída dos ônibus do local. A paralisação do serviço entra no terceiro dia consecutivo.

Na terça-feira (9/2), liminar da Justiça do Trabalho proibiu que os ônibus do transporte coletivo fossem impedidos de circular. As empresas alegam que o Sinttromar, sindicato que representa os motoristas, impediu que trabalhadores voltassem ao trabalho.

Na decisão, a juíza titular de Vara do Trabalho, Adelaine Pelegrinello, determinou que não pode haver nenhum tipo de impedimento para que os trabalhadores possam entrar no local e para os ônibus circularem. A multa para o descumprimento da decisão é de R$ 10 mil.

O Sinttromar afirma que a greve é espontânea e partiu dos próprios motoristas. Os funcionários paralisaram as atividades na segunda-feira (8/2) após a empresa afirmar que não teria condições de cumprir integralmente a folha de pagamento.

Ainda na segunda, a empresa anunciou que pagou o restante do salário dos funcionários, mas a paralisação continuou na terça-feira (9/2). Os trabalhadores pedem a renovação do acordo coletivo de trabalho, o pagamento da participação nos lucros e/ou resultados, entre outras demandas.

O Maringá Post entrou em contato com o diretor da TCCC, Roberto Jacomelli. Ele informou que estava em reunião e que não poderia falar no momento sobre o assunto.