Em época de piracema, Polícia Ambiental faz apreensão de rede de pescas e arma de caça no Rio Ivaí

Por: - 13 de janeiro de 2021
Operação Verão de 2021/ Batalhão da Polícia Ambiental - Força Verde

Nesta terça-feira (12/1), a 3ª Companhia do Batalhão da Polícia Ambiental/Força Verde, recebeu a denúncia, no telefone 181, de mais um crime ambiental no Rio Ivaí, próximo ao Salto das Bananeiras. Após, aproximadamente, seis horas de espera, um homem foi preso em flagrante. A polícia constatou a armação de redes de pescas em época de piracema, período destinado à reprodução dos peixes.

Durante a época de piracema, é proibida a pesca nos rios no estado do Paraná. O objetivo é tentar garantir a reprodução dos peixes e o aumento da quantidade de animais nos rios.

O Capitão Luciano José Buski, Comandante da 3ª Companhia Ambiental Força-Verde, explica que devido à facilidade da pesca dos animais nesse período, a Polícia Ambiental tem intensificado as operações aquáticas.

Junto ao homem preso em flagrante, foram apreendidos quatro peças de redes de e-malhar e uma espingarda Cartucheira CBC calibre 28.

Na noite desta terça-feira (12/1), em outra ação, os policiais ambientais retiraram meio quilômetro de redes entre os rios do Corvo e Paranapanema, em Diamante do Norte, a cerca de 160 Km de Maringá.

O autor do crime ambiental não foi identificado. O material foi retirado dos rios e levado para a sede do 2º Pelotão de Polícia Ambiental de Umuarama para futura destruição. Veja abaixo algumas fotos e vídeos das operações