Entidades organizam ato Maringá Contra a Xenofobia e o Racismo neste sábado (14/11)

Por: - 13 de novembro de 2020
Imagem ilustrativa / Pixabay

Como forma de manifestar indignação após as cenas de violência contra angolanos de Maringá, entidades organizam a partir das 15h deste sábado (14/11), na Praça da Catedral, o ato Maringá Contra a Xenofobia e o Racismo.

As cenas registradas no final de semana mostram dois jovens sendo brutalmente agredidos no interior de uma cervejaria, inclusive por seguranças do local. Veja a matéria sobre o caso.

O registro das câmeras ganha contornos ainda mais violentos diante de ofensas de cunho racial e xenofóbico proferidas pelos agressores. Com os vídeos alcançando repercussão em nível nacional ao longo da semana, os maringaenses buscam denunciar os atos de intolerância, até mesmo pelas redes sociais com diversos ataques a negros e a angolanos e haitianos.

A iniciativa visa a deixar claro que a xenofobia e o racismo não podem ser tolerados ou justificados sob qualquer pretexto. O caso é seguido de perto pela organização e está sob investigação da Polícia Civil e pela Promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais de Maringá, do Ministério Público do Paraná (MPPR).

O Consulado da Angola no Brasil foi comunicado e chegará à cidade nos próximos dias para acompanhar os desdobramentos.

Em razão da pandemia de covid-19, o protesto seguirá todas as recomendações para eventos a céu aberto, como o distanciamento seguro, uso obrigatório de máscaras por todos e higienização constante de objetos.

No protesto haverá espaço para discussões sobre a questão e apresentações culturais. Recomenda-se o uso de roupas pretas. O ato é organizado por entidades sindicais, da educação e movimentos sociais.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.