Bancário, Luiz Carlos Pereira, assume vaga de vereador deixada por Chico Caiana

Por: - 31 de julho de 2020
Vereador é o primeiro suplente do PTB
A posse de Luiz Carlos Pereira acontece terça-feira (4/8) as 9h30 / Foto: Divulgação

Segundo informações da Câmara Municipal de Maringá o ex-vereador e dirigente do Sindicato dos Bancários de Maringá, Luiz Carlos Pereira (PP), será empossado como vereador na terça-feira (4/8). A cerimônia acontece as 9h30 e  será a primeira sessão ordinária do segundo semestre do ano.

Pereira vai ocupar a cadeira de Chico Caiana (PTB), que morreu na quarta (29/7) devido às conseqüências de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O vereador sofreu uma parada cardiorrespiratória enquanto estava internado no Hospital Universitário e não resistiu.

Antes de se filiar ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Pereira atuou como vereador entre 2013 e 2016, pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC).

O suplente já substituiu Caiana em outras ocasiões, como em 2018, quando o vereador se licenciou para auxiliar o PTB na campanha eleitoral. Pereira foi o décimo-oitavo colocado na eleição para o Legislativo, na época, ele obteve 2.235 votos, o que rendeu o posto de primeiro suplente pelo PTB.

Polêmica envolve posse de bancário como vereador suplente do PTB

Durante o período de janela eleitoral, quando é permitido por lei que vereadores troquem de partido, Pereira se filiou ao Partido Progressista (PP) com intuito de participar das futuras eleições, em novembro deste ano.

O mesmo aconteceu com o segundo e terceiro suplentes do PTB, respectivamente, Da Silva, com1.852 votos, e Pastor Sandro, com 1.709, que também mudaram de partido durante a janela eleitoral, migrando para o Partido Social Liberal (PSL).

A quarta suplente do PTB seria a ex-vereadora Márcia Socreppa, que faleceu em 2017 após sofres encefalite. Na época a parlamentar lutava contra um câncer.

Com os quatro primeiros suplentes fora do partido, PTB, surgiu a dúvida se a cadeira não deveria ser ocupada pela quinta suplente do partido, Maria Isabel Nogueira. A suplente foi a quinta mais votada do partido, do qual ainda permanece filiada desde 2015.

As duvidas de quem de fato deveria assumir a vaga de vereador foram tantas que levou a Câmara de Maringá a questionar oficialmente a Justiça Eleitoral quem deveria assumir a vaga.

Segundo comunicado da 66ª Zona Eleitoral de Maringá, assinado pela juíza Roberta Carmem Scramim de Freitas, Pereira é o primeiro suplente do PTB, da eleição de 2016, e deveria assumir a vaga.

Informações apuradas pelo jornalista Ângelo Rigon revelam que Maria Isabel pode requerer a vaga na Justiça. A quinta suplente que pode se tornar vereadora, pelo menos até o final do ano, recebeu 915 votos e era coordenadora das academias da terceira idade, na Secretaria de Esporte e Lazer, durante a gestão Carlos Roberto Pupin.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.