Nomeado novo Arcebispo, Dom Severino, vem a Maringá nesta quinta-feira

Por: - 8 de julho de 2020
Dom Severino deve ficar na cidade para resolver questões administrativas sobre a mudança de diocese
Dom Severino, nomeado novo Arcebispo de Maringá, chega nesta quinta-feira (9/7) à Maringá /Foto: CNBB

O novo Arcebispo de Maringá, Dom Severino Clasen , nomeado pelo Papa Francisco, vem a Maringá nesta quinta-feira (9/7). Segundo a assessoria de imprensa da Arquidiocese, a visita é para resolver questões administrativas sobre a mudança do novo Arcebispo para a cidade.

Além de conhecer a casa em que vai morar durante o episcopado, durante a visita a Maringá, Dom Severino deve se reunir com alguns padres da arquidiocese e conhecer um pouco mais sobre a cidade.

O nomeado novo Arcebispo, teve uma passagem rápida por Maringá em 2019 mas segundo a assessoria, não conhece bem a cidade. Durante a estadia em Maringá, Dom Severino também deve realizar uma coletiva de imprensa e anunciar a data e alguns detalhes sobre a missa de posse.

De acordo com a assessoria da Arquidiocese de Maringá, devido a pandemia do novo coronavírus, é difícil confirmar a presença de público na celebração de posse. Entretanto, se a missa for aberta ao público, será um número reduzido de pessoas respeitando todas as medidas sanitárias necessárias durante esse período.

Bispo de Caçador (SC) desde 6 de julho de 2011, onde ficou até 2020, Dom Severino deixa a diocese de Caçador, cidade com 104 casos confirmados e três mortes pelo novo  coronavírus. Na nova Arquidiocese, encontra 1.979 casos confirmados e 20 óbitos.

A Arquidiocese de Maringá estava sem arcebispo desde novembro do ano passado, quando Dom Anuar Battisti teve o pedido de renúncia aceito pelo Papa Francisco. Ele apresentou o pedido por motivos de saúde e agora passa a ser chamado de Arcebispo Emérito de Maringá.

Até ser realizada a missa de posse de Dom Severino, o bispo de Umuarama, Dom Frei João Mamede Filho, ainda vai continuar na função de administrador apostólico da Arquidiocese de Maringá. Dom João se manteve à frente da Arquidiocese em momentos importantes, como a suspensão das missas presenciais na arquidiocese e na transferência de 32 padres das paróquias de Maringá.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.