Taxa de isolamento social se mantém abaixo de 40% em Maringá

Por: - 26 de maio de 2020
Taxa de isolamento social considerada ideal pela Organização Mundial da Saúde é de 70% / Foto: Cary Bertazzoni/ PMM

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, divulgado na segunda-feira (25/5), o Brasil é o segundo pais com maior número de infectados pela Covid-19 no mundo. Em meio a crise que atinge o país, Maringá segue os passos da pátria e registra taxa de isolamento social bem abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Nesta terça-feira (26/5), a taxa de isolamento na cidade foi de apenas 38%.

Os dados são fornecidos por uma empresa de geolocalização que monitora em média, 182 mil celulares em Maringá. De acordo com recomendações da OMS, para evitar um aumento significativo de contágio do novo coronavírus, o ideal é que haja uma adesão de ao menos 70% da população ao isolamento social.

De acordo com o secretário de saúde, Jair Biatto, monitorar a taxa de isolamento é uma atividade estratégica. Atualmente, Maringá segue a média de isolamento do país e do Paraná.

“Essa é uma ferramenta de análise importante para acompanhar o enfrentamento do novo coronavírus em Maringá. Assim como outras medidas que já fizemos, como ampliar o número de testes para a população, áreas específicas de atendimento para a Covid-19 e ampliar o número de leitos de UTI”, diz Biatto.

Veja o vídeo em que o secretário de saúde mostra como funciona o sistema de monitoramento.

Segundo o sistema, os maiores índices de isolamento social em Maringá foram registrados entre os dias 22 de março e 12 de abril. Neste período, o sistema de geolocalização registrou taxa de isolamento de 72% em Maringá.

Após a reabertura do comércio no dia 21 de abril, a taxa de isolamento social começou a cair em Maringá. Com o funcionamento de shoppings, restaurantes e academias, consequentemente a volta dos trabalhadores para o local de trabalho, a taxa continuou baixa.

Em maio, o melhor índice de isolamento social em Maringá foi registrado na primeira sexta-feira(1/5) do mês, 52%. Segunda a pesquisa, o maringaense tem hábito de furar a quarentena no meio da semana. Os piores índices de isolamento do mês foram registrados no dia 15 e 20 de maio, respectivamente quarta e sexta-feira.

Com o comércio fechado e sem ter para onde ir, os melhores índices foram registrados aos sábados e domingos. De acordo com a pesquisa, a média do isolamento social aos domingos em Maringá chega a aproximadamente 47%.

Veja abaixo o histórico de isolamento de Maringá.

Maringá registrou 22 novos casos de coronavírus nesta terça-feira (26/5). Com isso, a cidade ultrapassou a marca de 300 confirmações. Mulheres continuasm a ser a maioria dos casos positivos (12 entre 22) e a faixa etária predominante está entre 20 e 50 anos.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.