Prefeitura de Maringá autoriza celebrações religiosas e o funcionamento de shoppings, restaurantes e academias

Por: - 8 de maio de 2020
Shoppings centers poderão funcionar de segunda a sexta das 11h às 20h / Agência Brasil

A Prefeitura de Maringá publicou no final da manhã desta sexta-feira (8/5) o decreto que autoriza a realização de celebrações religiosas e permite o funcionamento de shoppings centers, restaurantes e academias.

No texto, o município também definiu o que chamou de “gatilho automático para lockdown”, um mecanismo que pode ser acionado para paralisação total das atividades.

O gatilho será acionado pela Secretaria de Saúde sempre que indicadores como taxa de ocupação geral de UTIs e taxa de positividade de testes para o coronavírus alcançar índices previstos na matriz de risco. No entanto, o município não informou qual é a matriz de risco.

O decreto publicado nesta sexta-feira (8/5) estabelece medidas que devem ser seguidas pelos estabelecimentos para que as atividades sejam retomadas. Confira as principais regras:

Shoppings centers

Os shoppings centers, centros comerciais e galerias, estão autorizados a funcionar das 11h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira. Em caráter excepcional, os shoppings centers também vão poder abrir neste sábado (9/5) das 11h às 20h.

De acordo com o decreto, os shoppings atacadistas ficam autorizados a funcionar de segunda a sexta, mas em horário diferenciado, das 7h às 15h.

Os shoppings poderão manter até duas entradas para os clientes e mais uma para o acesso através de garagem, mas devem permitir a entrada de no máximo 50% da capacidade máxima permitida. Os estabelecimentos precisam aferir a temperatura de todas as pessoas que entrarem no local, desde clientes, funcionários e até prestadores de serviço.

Não será permitida a entrada de menores de 16 anos e o uso de máscara é obrigatório em todas as áreas. O decreto também estabelece que os clientes deverão higienizar a sola dos calçados antes de entrarem no shopping e os estabelecimentos devem disponibilizar tapetes higienizadores.

As lojas devem permitir a capacidade máxima de uma pessoa a cada 12,5 metros quadrados e afixar um cartaz na vitrine com o número máximo de clientes permitido. As roupas provadas devem ser separadas para higienização, apenas voltando a ser disponibilizadas para os clientes após 24 horas.

Não será permitido o funcionamento normal de lojas de serviços de alimentação no interior dos shoppings, ficando autorizado apenas o atendimento pelo sistema de delivery, ou para retirar no local.

Não será permitido o consumo de alimentos ou bebidas pelos clientes nas áreas internas dos shoppings. As mesas e cadeiras da praça de alimentação deverão ser
removidas ou interditadas.

Os cinemas e jogos, brinquedos e qualquer forma de entretenimento também ficam proibidos dentro do shopping.

Celebrações religiosas

Fica autorizada a realização de até três missas, cultos ou reuniões religiosas aos domingos, e uma durante o meio de semana. No entanto, os locais devem respeitar a lotação de 30% da capacidade total e os participantes deverão observar distância mínima de 1,5
metro uns dos outros.

Será obrigatório o uso de máscaras no interior das igrejas e locais de cultos e reuniões. As pessoas devem higienizar as mãos com álcool 70º INPM na entrada das igrejas e templos religiosos e locais de reuniões. Antes, durante e depois da realização das celebrações religiosas, devem ser evitados apertos de mãos, abraços, aproximações entre as pessoas e outras formas de contato físico.

Não podem participar das celebrações presenciais as pessoas do grupo de risco, em especial os hipertensos, diabéticos, gestantes, puérperas e outros. Também não podem participar pessoas com  febre, tosse, coriza e outros sintomas respiratórios. O decreto recomenda que idosos e crianças menores de 12 permaneçam em casa.

Restaurantes e serviços de alimentação

Fica autorizado o consumo de alimentos em restaurantes, bares, lanchonetes, padarias e demais estabelecimentos definidos como serviços de alimentação no decreto municipal. Nestes locais, o atendimento presencial poderá ser até às 22h. Após esse horário, somente por meio do sistema de entrega em domicílio e drive-thru.

Os estabelecimentos devem limitar o número de clientes em, no máximo, 50% da capacidade e manter mesas dispostas a dois metros de distância. As regras valem a partir de segunda-feira (11/5).

Academias de ginástica

As academias de ginástica podem voltar a atender a partir do dia 18 de maio. As orientações para oferta do serviço ainda serão publicadas pela Secretaria de Saúde.

O decreto permite a partir dessa sexta-feira o atendimento individualizado de personal trainer ao ar livre ou em ambientes fechados de academias, inclusive de condomínios.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.