Expectativa é que Ratinho Junior anuncie repasse de recursos para ativação dos 108 leitos do Hospital Universitário

Por: - 23 de abril de 2020
Espaço foi inaugurado vazio, sem equipamentos e funcionários, em dezembro de 2018 / Arnaldo Alves / ANPr.

O governador Ratinho Junior (PSD) pode anunciar nesta sexta-feira (24/4) medidas para ativação dos 108 leitos do Hospital Universitário de Maringá (HUM). A expectativa é que o governo repasse recursos emergenciais para contratação de profissionais e aquisição de equipamentos e mobiliário necessários para que o espaço funcione.

Segundo informações do Blog do Rigon, serão repassados R$ 7,8 milhões, por seis meses, para 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 88 de enfermaria.

A maior parte dos recursos, R$ 5 milhões, será destinada para contratação de profissionais da saúde. A liberação dos recursos deve ser anunciada nesta sexta-feira, durante visita do governador ao HUM.

Inicialmente, os leitos serão exclusivamente para o atendimento de pacientes com coronavírus. A estrutura vai atender pacientes de Maringá e das 29 cidades da região da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep). A Universidade Estadual de Maringá (UEM) informou que ainda não recebeu nenhuma informação sobre a liberação de recursos.

A inauguração dos 108 leitos do bloco S-05 do HUM ocorreu em 2018, no apagar das luzes do governo Cida Borghetti (PP), mas o prédio foi entregue vazio. Dois anos depois, os leitos ainda continuam desocupados.

Segundo a UEM, faltam recursos para aquisição de equipamentos e mobiliário, além da urgência na liberação para contratar mais médicos, enfermeiros e pessoal de apoio.

Na segunda-feira (20/4), o reitor da UEM se reuniu com a superintendente do HUM, o prefeito de Maringá e outros representantes de entidades e de cidades da região para discutir a ativação dos leitos.

A universidade e o hospital, juntamente com a Amusep, chegaram a marcar uma coletiva de imprensa sobre o assunto para quinta-feira (23/4). No entanto, a coletiva foi cancelada na noite de quarta-feira (22/4). A UEM e o HUM informaram que o governo estadual tinha proposto ampliar o diálogo sobre os investimentos para habilitação da ala.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.