Novo boletim da Prefeitura de Maringá traz 38 suspeitas e duas confirmações de Covid-19

Por: - 20 de março de 2020
Cresce o número de casos confirmados no Paraná / Divulgação Agência Brasil

O boletim sobre coronavírus divulgado no final da tarde desta sexta-feira (20/3) pela Prefeitura de Maringá traz 38 suspeitas e duas confirmações de Covid-19 na cidade. A segunda confirmação da doença foi divulgada no começo da noite desta quinta-feira (19/3).

No boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), foram confirmados mais 13 casos de coronavírus no Paraná nesta sexta-feira (20/3). O boletim não traz a segunda confirmação de Covid-19 na cidade de Maringá.

Newsletter Briefing
O que aconteceu de importante em Maringá, todo início de noite no seu email.
Saiba mais ou cadastre-se:

As confirmações divulgadas pela Sesa são de oito mulheres e cinco homens com idades entre 25 e 59 anos. Nove foram testados por laboratórios particulares e quatro pelo Laboratório Central do Estado (Lacen).

Outros seis casos de Curitiba possivelmente vão ser confirmados, segundo a Sesa. Os pacientes realizaram os testes em laboratórios privados ainda não habilitados pelo Lacen.

Atualmente o Paraná possui 36 casos confirmados, cinco estão em isolamento hospitalar e os demais em isolamento domiciliar. Há no Estado 202 casos suspeitos de Covid-19 em análise laboratorial.

Nesta sexta-feira (20/3) começou a vigorar o decreto de situação de emergência baixado pela Prefeitura de Maringá para restringir o atendimento ao público às atividades essenciais.

Durante a manhã desta sexta, a operação da Fiscalização Integrada da Prefeitura de Maringá visitou 108 empresas e pontos de trabalho e foram aplicadas 62 notificações.

As empresas que descumprirem as determinações só vão ser multadas se voltarem a descumprir com a determinação.

Nas principais ruas e avenidas comerciais de Maringá, o que se viu nesta sexta-feira (20/3) foram as portas fechadas e pouca gente nas ruas.

Durante a semana, o Procon de Maringá realizou 43 vistorias e sete empresas apresentaram irregularidades.

Outras 14 foram notificadas para entregar documentos e notas fiscais dos produtos e dez estavam sem problemas, entre outras situações.

O Procon chegou a interditar duas farmácias de manipulação na quarta-feira (18/3) e nesta quinta-feira (19/3) foram apreendidas três caixas de máscaras de proteção que eram vendidas numa loja popular na Avenida Brasil.

Casos de venda abusiva podem resultar em multas entre R$ 720 e R$ 9 milhões, além da cassação do alvará. As denúncias podem ser feitas nos telefones 151 ou 3293-8150.

Sobre o atendimento na saúde, houve uma redistribuição da rede municipal. Acesse aqui e veja todos os detalhes. A Prefeitura de Maringá também ativou o telefone 156 para atendimento a situações suspeitas e para tirar outras dúvidas da população.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.