Prefeitura de Maringá vai contratar 200 profissionais para saúde. Cinco UBSs vão atender 24 horas

Por: - 19 de março de 2020
UBS Zona Sul é uma das unidades que passam a funcionar como Pronto Atendimento / Aldemir de Moraes/PMM

Como medida emergencial de prevenção, a Prefeitura de Maringá anunciou a contratação de 200 profissionais para a saúde. Vão ser abertas vagas para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Os detalhes da contratação ainda não foram divulgados, mas a forma de credenciamento para os profissionais interessados vai ser divulgada nos próximos dias.

Parte das contratações vai ser voltada a reforçar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Zona Sul, Iguaçu, Pinheiros, Quebec e Mandacaru, que a partir desta sexta-feira (20/3) vão se tornar Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

A adequação faz parte das medidas de prevenção e combate ao coronavírus, prevista no decreto municipal 445/2020. Veja aqui o teor completo do decreto.

Com a mudança nas cinco UBSs, os atendimentos básicos nessas unidades vão ser remanejados para outras Unidades Básicas de Saúde.

  • Quebec: pacientes serão atendidos nas UBSs Portal das torres, Vila Esperança e Grevíleas
  • Zona Sul: pacientes serão atendidos nas UBSs Vila Operária e Aclimação
  • Pinheiros: pacientes serão atendidos nas UBSs Parigot de Souza e Piatã
  • Iguaçu: pacientes serão atendidos nas UBSs Jardim Universo e Industrial
  • Mandacaru: pacientes serão atendidos nas UBSs Zona 6, Ney Braga e Vardelina

Outras mudanças no sistema de atendimento de saúde anunciadas pela Secretaria Municipal de Saúde é a separação dos atendimentos.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte vai ser destinada exclusivamente para atendimentos de pacientes com sintomas de coronavírus.

A UPA Zona Sul passa a atuar como uma unidade de reforço ao Hospital Municipal, que vai passar a receber apenas internamentos.

Alguns serviços também ficam suspensos nos próximos dias. Veja a relação abaixo.

  • Saúde bucal: atividades odontológicas que não sejam comprovadamente de urgência e emergência
  • Estratégia Saúde da Família: agenda programada de consultas para pacientes com idade a partir de 60 anos, atividades de visita domiciliar e atividades em grupos
  • Equipe multiprofissional (profissionais de educação física, nutrição, assistente social, fonoaudiólogo, psicólogo, farmacêutico, terapeuta ocupacional, enfermeiro, técnico de enfermagem e médico): todas as atividades em grupo, dentro e fora dos serviços de saúde
  • Serviço de fisioterapia: todos os atendimentos para pacientes com idade a partir de 60 anos
  • Atendimento de psicologia: todos os atendimentos individuais para pacientes com idade a partir de 60 anos
  • Centros de Atenção Psicossocial (CAPS): todas as atividades em grupo, independente da faixa etária
  • Laboratório de análises clínicas: coleta de exames laboratoriais de demanda eletiva para pacientes com idade a partir de 60 anos
  • Consultas e exames especializados: ficam suspensas as autorizações de encaminhamento para usuários com idade a partir de 60 anos
  • Cirurgia eletiva: ficam suspensos as autorizações de encaminhamento para usuários com idade a partir de 60 anos
  • Vigilância Sanitária e Vigilância Ambiental: ficam suspensas as atividades de rotina para priorizar as ações de alto risco sanitário, em especial, as relacionadas à prevenção do COVID-19

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.