Escolas privadas de Educação Infantil oferecem 1.744 vagas para a Prefeitura de Maringá comprar

Por: - 16 de dezembro de 2019
Imagem ilustrativa / Divulgação PMM

Juntas, 20 escolas privadas de Educação Infantil apresentaram uma oferta de 1.744 vagas para crianças de 0 a 3 anos. Se as instituições forem aprovadas na vistoria que vai ser feita pela Secretaria de Educação (Seduc), a Prefeitura de Maringá vai adquirir ao menos 1.428 vagas para o ano letivo de 2020.

No começo de 2019, a administração municipal abriu um edital de credenciamento para a compra de até 2 mil vagas para crianças de 0 a 3 anos em escolas privadas de Educação Infantil. Ao longo do ano, com o credenciamento de dez estabelecimentos foram adquiridas 572 vagas.

Agora, com 20 instituições credenciadas, há uma oferta de mais 1.744 vagas. Caso a Seduc tenha o interesse em adquirir mais de 2 mil vagas, um novo edital vai precisar ser lançado. Se as 20 escolas passarem pela vistoria, vai haver um excedente de oferta de 316 vagas.

Durante a vistoria é verificado se as escolas atendem aos requisitos exigidos de ventilação e iluminação, acessibilidade, locais para higienização, conservação de brinquedos e parque infantil, entre outros itens do sistema de ensino e o projeto político pedagógico.

O valor mensal por aluno pago pelo município é de R$ 1.287,79 e garante alimentação, uniforme, material escolar, higiene, limpeza, cama e banho.

Como na rede pública, o atendimento se dá em turno integral, com 11 horas diárias, de segunda a sexta, das 7 às 18 horas. Atualmente, cerca de 3,5 mil crianças aguardam uma vaga. A fila de espera fez, inclusive, a Defensoria Pública de Maringá criar o “crechômetro”.

A compra de vagas em escolas privadas de Educação Infantil é pouco conhecida no país e foi implantada pela primeira vez na cidade durante o ano de 2019.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.