Erike Almeida, CEO do grupo Tecnospeed, é eleito o Jovem Empreendedor de 2019

Por: - 6 de agosto de 2019
Erike Almeida é o Jovem Empreendedor de 2019 / Divulgação TecnoSpeed

O CEO do grupo Tecnospeed, Erike Almeida, foi eleito na tarde desta terça-feira (6/8) o Jovem Empreendedor de 2019. O empresário do setor de tecnologia da informação tem se destacado nacionalmente com a conquista de vários prêmios.

A empresa foi selecionada como a 4ª melhor empresa para se trabalhar no Brasil no ranking da GPTW (Great Place to Work) de 2018. Além disso, em 2019, foi uma das finalistas no Prêmio Nacional de Inovação, na categoria Inovação em Marketing.

Erike Almeida é formado em Ciência da Computação, especialista em Engenharia de Software, com MBA em Gestão de Empresas pela FGV.

Durante a carreira como empreendedor, quase foi a falência por quatro vezes. O sucesso veio com o conceito de “Casa do Desenvolvedor”. Há 12 anos a TecnoSpeed atua com o desenvolvimento de soluções que simplificam a criação de softwares, principalmente na área de documentos fiscais eletrônicos.

Nos últimos quatro anos, a TecnoSpeed tem registrado crescimento superior a 30% ao ano, com atuação nacional e internacional, com mais de três mil clientes no Brasil e início de exportação com vendas para o Chile, Colômbia e Canadá.

A empresa emprega atualmente 120 pessoas. Erike Almeida tem 40 anos, é casado com Tatiana e é pai da Beatriz e do Benjamim. A data de entrega do prêmio será decidida pelos organizadores e pelo ganhador.

O prêmio foi criado em 2007 pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), por meio do Conselho Permanente do Jovem Empresário (Copejem). No ano passado o homenageado foi Thiago Ramalho, da Gela Boca Sorvetes.

Os pré-requisitos para concorrer ao prêmio são ter até 40 anos, ser dono ou executivo de empresa com, pelo menos, três anos de funcionamento, ter trajetória de sucesso, participação na vida comunitária e não concorrer a cargo público eletivo.

A eleição foi feita por uma comissão julgadora, por voto secreto, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), que realiza o prêmio, por meio do Conselho Permanente do Jovem Empresário (Copejem), na tarde desta terça.

Fizeram parte da comissão julgadora representantes da ACIM, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Sindicato dos Lojistas do Comércio Varejista de Maringá e Região (Sivamar), Sindicato dos Jornalistas, Prefeitura de Maringá, Câmara Municipal de Maringá, Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem) e Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

A comissão escolheu entre os nomes que foram indicados na primeira fase do processo, feito por 11 entidades.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.