Governador anuncia projetos executivos para a PR-323 e abre discussão sobre concessão da rodovia

Por: - 7 de fevereiro de 2019

Ao participar de encontro com lideranças e prefeitos da região de Umuarama, na tarde de quarta-feira (6/2), o governador Ratinho Junior afirmou que a elaboração de projetos executivos para a PR-323 vão ser priorizados.

“Esse é um grande problema, a rodovia não tem projeto executivo e não se faz obra sem ele”, afirmou em reunião realizada na sede da Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios).

Ratinho Junior disse que a PR-323 foi objeto de conversa com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, com quem teve audiência há poucos dias, em Brasília.

Segundo o governador, o Estado vai montar um cronograma de investimento na PR-323 e também fazer um trabalho em parceria com o governo federal para discutir uma concessão da rodovia. “Vamos criar um cronograma para apresentar à sociedade de Umuarama”, afirmou.

De imediato, segundo Ratinho Junior, o governo vai aplicar aproximadamente R$ 45 milhões para a elaboração de projetos executivos de infraestrutura, entre eles o da PR-323.

O projeto integral prevê a duplicação da rodovia entre Maringá e Francisco Alves, numa extensão de aproximadamente 200 quilômetros. O trecho foi objetivo de Parceria Público Privada no governo de Beto Richa (PSDB), mas o contrato com Rota das Fronteiras, firmado em 2014, acabou cancelado e os envolvidos foram multados pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), por suspeita de irregularidades.

Atualmente, com investimentos de R$ 70 milhões do Governo do Paraná, foram iniciadas obras no trecho entre Doutor Camargo e Paiçandu, numa extensão é de 20,7 quilômetros.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, afirmou que a prioridade é elaborar os projetos executivos da PR-323 para os trechos mais críticos da rodovia, com terceiras faixas e duplicações. “Os projetos serão encaminhados nos próximos dias. Isso já está sendo tratado pelo Governo do Estado desde os primeiros dias da gestão”, afirmou.

“Ratinho Junior está cumprindo o compromisso de priorizar a obra na rodovia e encaminhar ações logo no início do mandato. Neste encontro manifestamos o reconhecimento a essa iniciativa”, disse o prefeito de Pérola, Darlan Scalco, presidente da Associação dos Municípios do Paraná.

“A segurança dos usuários e o desenvolvimento econômico do Paraná dependem da duplicação da PR-323”, disse ele.

“Passa pela rodovia a produção das maiores cooperativas paranaenses, que enviam alimentos para diversas partes do mundo, além de produtos do Mato Grosso do Sul e até do Paraguai que seguem para o Porto de Paranaguá”, afirmou Scalco.

Tenha acesso liberado ao melhor jornalismo da cidade. Assine o Maringá Post e fique bem informado. Saiba mais aqui.