Prefeitura de Maringá faz nova chamada para empresas patrocinarem parque de animais de estimação. Proposta inicial era lançar Parcão no dia 11 de maio, mas atrasou

Por: - 5 de maio de 2018
Prefeitura de Maringá busca parceiros para criar Parcão em praça do Maringá Velho / Google Street View

Os pets vão ter que esperar. O Parcão, Parque de Animais de Estimação idealizado pela Prefeitura de Maringá ainda não conquistou parceiros. Foi prorrogado o chamamento público aberto pela administração municipal para atrair empresas para patrocinarem a implantação e manutenção do espaço.

Pela proposta original, divulgada no final de março de 2018, a parceria estaria consolidada e seria apresentada na sexta-feira (11/5), em meio às comemorações do Aniversário de 71 anos de Maringá. O contrato valeria de 11/5/2018 a 11/5/2019.

Agora, com o novo chamamento, assinado na quarta-feira (2/5) e publicado na sexta-feira (4/5), os interessados terão mais 30 dias para fazer o cadastro e participar do processo. A empresa ou entidade que aceitar patrocinar o Parque de Animais de Estimação, Parcão, vai explorar por um ano a publicidade no espaço.

Há um projeto específico, elaborado de prefeitura. A proposta é criar o parque dos pets no quadrilátero formado pelo Largo Pioneiro José Ignácio da Silva, a Rua Antônio Otávio Scramin e a Avenida Brasil.

O terreno fica na região do Maringá Velho, onde atualmente existe apenas um gramado e algumas poucas árvores. Atualmente, nos finais de tarde, donos de animais de estimação que moram próximo ao espaço, aproveitam o local para passear com os cães.

Patrocínio para o Parque de Animais de Estimação

A busca de patrocínio por parte da administração municipal visa a reduzir os custos da revitalização do espaço e poderá ser replicada em outras áreas públicas.

No final do ano passado, a administração municipal publicou um decreto para regulamentar as parcerias com a iniciativa privada.

As empresas interessadas precisam manifestar o interesse junto ao setor de imprensa da administração municipal.

As condições exigidas são:

  • ser pessoa jurídica estabelecida no país;
  • não ter penalidade de suspensão ou declaração de inidoneidade pela administração pública;
  • estar em situação cadastral, tributária e fiscal regular.

Ao final do prazo de cadastro, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp) fará o chamamento dos interessados e apresentação das condições necessárias e critérios de julgamento.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.

Tenha acesso liberado ao melhor jornalismo da cidade. Assine o Maringá Post e fique bem informado. Saiba mais aqui.