Avanço da covid-19 obriga Sarandi a suspender audiência pública do Plano Diretor

Por: - 31 de maio de 2021
Covid faz Sarandi adiar audiência pública
A audiência presencial seria contra o decreto municipal que impede aglomeração de pessoas devido ao aumento de casos de covid

A audiência pública que a prefeitura de Sarandi tinha marcado para a próxima quarta-feira, 2 de junho, na Casa da Cultura para colher sugestões para elaboração do novo Plano Diretor, está suspensa devido ao aumento de casos de covid-19 no município e na região. Ainda não foi definida uma nova data.

O adiamento se deu porque a audiência precisava ser presencial e no momento qualquer evento com a presença de público vai contra as determinações dos decretos municipal e estadual de enfrentamento a covid-19.

A exemplo do que vem ocorrendo em Maringá, também Sarandi já não dispõe de vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes de covid-19, com a ocupação de 100% dos leitos oferecidos pelo Hospital Metropolitano.

O prefeito Walter Volpato (PSC) considera que não se pode colocar a população em risco de aumentar os casos de contaminação com um evento desses, que aconteceria em um auditório fechado e que a audiência pública para debater sugestões para a elaboração do Plano Diretor de Sarandi pode ser realizada em um momento mais propício.

De acordo com o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde, em um só dia surgiram 113 novos casos de coronavírus no município, 66 pessoas com a doença estão internadas e as mortes vêm ocorrendo diariamente. Já foram registrados 204 óbitos em Sarandi desde o início da pandemia

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.