A menos de 20 dias das eleições 2020, prefeitura publica edital para obras de viadutos do Contorno Norte

Foi publicado nesta quarta-feira (28/10), a menos de 20 dias das eleições 2020, o edital para as obras de oito viadutos no Contorno Norte de Maringá. A execução das obras é aguardada desde janeiro de 2014, quando o contorno foi inaugurado com problemas de acessibilidade entre os bairros.

O contorno foi construído pela Construtora Sanches Tripoloni e custou R$ 412 milhões. A construção começou em 2008 e levou mais de cinco anos para ficar pronta. Em 2014, a obra foi inaugurada faltando um viaduto inteiro, na Avenida Américo Belay, e mais seis duplicações.

O edital de licitação aberto pela Prefeitura de Maringá, que só conquistou a aprovação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) sobre os projetos em abril de 2020, prevê um investimento de até R$18 milhões nos oito viadutos.

Vão ser duplicados os viadutos nas avenidas Mandacaru, São Judas Tadeu, Kakogawa, Tuiuti, Guaiapó e Franklin Delano Roosevelt, além da construção de duas faixas de viaduto na Avenida Américo Belay.

Em fevereiro do ano passado, a prefeitura contratou a empresa Atlântico Sul Consultoria e Projetos S/S Ltda para a elaboração dos projetos. De acordo com o secretário de Obras Públicas, os projetos foram concluídos em julho e enviados para análise do Dnit. Desde então, a prefeitura aguardava a liberação para licitar a obra.

Segundo Albari de Medeiros, durante análise, o Dnit solicitou alterações que postergaram a aprovação definitiva do projeto. O órgão solicitou adequações no entorno e a instalação de semáforos nos cruzamentos.

“Não foi simplesmente um projeto de viadutos, foi um projeto de entorno também. O Dnit solicitou as soluções técnicas dos viadutos para ficarem adequados e seguros, de forma que tivessem uma qualidade de pista, por se tratar de um obra de rodovia federal”, afirmou Albari de Medeiros.

Ainda na gestão do ex-prefeito Carlos Roberto Pupin, a construção dos viadutos chegou a ser licitada por meio do modelo e RDC, o Regime Diferenciado de Contratação, mas houve mudanças nas regras do Dnit e a licitação precisou ser cancelada, o que forçou a realização de uma licitação para os projetos e, só agora, é aberto o edital para a execução das obras.

Os envelopes das empresas interessadas em realizar a obra vão ser abertos no dia 30 de novembro, às 14 horas. O valor máximo previsto é de R$ 18,214 milhões. Vence a empresa que oferecer o menor preço pelos oito viadutos. A previsão é que as obras seja concluídas após 180 dias da assinatura do contrato, o que permite prever que os viadutos só estejam totalmente prontos no começo do segundo semestre de 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *