Prefeitura fecha contrato para elaboração de projetos dos viadutos pernetas do Contorno Norte

Por: - 4 de fevereiro de 2019

A Prefeitura de Maringá homologou a contratação da Atlântico Sul Consultoria e Projetos S/S Ltda para a elaboração dos projetos de duplicação dos seis viadutos pernetas do Contorno Norte da cidade e de construção de um novo, já duplicado.

A administração municipal vai pagar R$ 175 mil pelos projetos básicos, executivos, orçamentos e notas técnicas para oito viadutos, juntamente com as contenções e encabeçamentos necessários. A licitação foi aberta em novembro do ano passado e o preço máximo para a realização dos projetos era de R$ 282 mil.

Após a conclusão de todos os projetos, a Prefeitura de Maringá vai precisar licitar a execução das obras dos viadutos, o que poderá ser feita separadamente para dar mais celeridade nas construções.

A segunda pista nas avenidas Mandacaru, São Judas Tadeu, Kakogawa, Tuiuti, Guaiapó e Franklin Roosevelt, além das duas faixas de viaduto na Avenida Américo Belay, chegou a ser licitada em dezembro de 2016, mas a concorrência foi cancelada pela administração Ulisses Maia, porque foram detectadas falhas nos anteprojetos.

A demora na realização das obras, mesmo com R$ 12 milhões liberados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) desde de 2016, motivou os vereadores a convocarem o então secretário de Obras, Marcos Zucoloto, a dar explicações na Câmara Municipal, em novembro de 2018. Na ocasião, Zucoloto afirmou que parte dos viadutos poderia ser concluída até dezembro de 2019.

Na semana anterior, o jornalista Angelo Rigon divulgou que a Prefeitura de Maringá assinou o terceiro termo aditivo com o Dnit, para prorrogar o prazo final do convênio que garante os recursos da duplicação dos viadutos. O valor total do convênio é R$ 24,8 milhões.

O aditivo foi assinado em 27 de dezembro de 2018 pelo diretor-geral do Dnit, Antonio Leite dos Santos Filho, e o prefeito Ulisses Maia. O novo prazo para conclusão passou para 14 de outubro de 2020.

O contorno foi construído pela Construtora Sanches Tripoloni e custou R$ 412 milhões. A obra começou em 2008 e foi entregue no dia 10 de janeiro de 2014, com apenas 13 dos 14 viadutos previstos, sendo seis deles com mão única.

A obra também tem três pontes, sobre os ribeirões Maringá, Mandacaru e Morangueiro, uma trincheira e 12 passarelas de pedestres.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.