Após quase uma hora de debates, Câmara aprova Terminal Intermodal de Maringá com nome do Dr. Said Felício Ferreira

Por: - 20 de agosto de 2019
O ex-prefeito de Maringá e médico Said Felício Ferreira / Divulgação

Após quase uma hora de debates, a Câmara de Maringá aprovou a denominação oficial “Terminal Urbano Intermodal Dr. Said Felício Ferreira” para o novo terminal. Foi por dez votos a cinco, que o substitutivo à proposta do Poder Executivo, que daria o nome do ex-prefeito Américo Dias Ferraz, foi rejeitado.

O projeto substitutivo, apresentado por Jean Marques (PV), também tinha uma emenda, que anteciparia a nomenclatura do Hospital da Criança, em construção, com a homenagem ao ex-prefeito Said. A ideia foi rejeitada pela maioria e prevaleceu a proposição inicial da Prefeitura de Maringá. O homenageado no terminal vai ser Said Felício Ferreira.

Ao final das discussões, o presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa (PP), disse ter estranhado a apresentação do substitutivo, o que causou certo “constrangimento na hora de votar”, pois na opinião dele “os dois merecem” ser homenageados na história de Maringá.

Hossokawa, que foi vice-prefeito em uma das gestões de Said Felício Ferreira, lembrou de obras importantes feitas durante as duas passagens do médico pela Prefeitura de Maringá.

“Sempre tivemos bons prefeitos, por isso temos essa cidade maravilhosa. Mas gostaria de rememorar alguns grandes feitos de Said Ferreira como a construção do Paço Municipal, rodoviária, aeroporto e, muito importante, a conquista dos cursos de Medicina e Odontologia para a cidade. Por isso, sou favorável à homenagem”, disse.

O líder do prefeito, Alex Chaves (PHS), agradeceu à maioria dos vereadores por terem mantido a proposição inicial do prefeito Ulisses Maia (PDT). “Said Ferreira chegou em Maringá em 1961. Foi um dos médicos mais atuantes em nossa cidade, sendo presidente da Sociedade Médica e um dos fundadores do Hospital São Marcos, além de prefeito por duas vezes e outros cargos políticos”, lembrou.

Ao apresentar um projeto substitutivo, para dar o nome do segundo prefeito de Maringá, Américo Dias Ferraz, Marques citou que o prédio da rodoviária velha, demolido em 2010, fazia esta homenagem ao ex-prefeito.

Durante os discursos, também foram lembrados que os atuais arcos do novo terminal fazem referência à rodoviária velha, o que também justificaria a homenagem.

Também durante a sessão, como contraponto, foi sugerido que o empreendimento que vier a ser construído no estacionamento da extinta rodoviária, traga a homenagem a Américo Dias Ferraz.

Nas próximas sessões, os vereadores vão analisar a proposta da Prefeitura de Maringá de concessão da administração do terminal intermodal para a iniciativa privada, o que inclui a locação das lojas, limpeza e segurança do espaço.

Veja abaixo a discussão completa dos vereadores. Começa quando o vídeo chega a 2 horas e 26 minutos de duração.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.