Recuperação do Contorno Sul de Maringá será feito pela Extracon e custará R$ 12,6 milhões. Prazo para execução das obras é de 240 dias

Por: - 24 de outubro de 2018

A maringaense Extracon Mineração e Obras ofereceu o menor preço para as obras de recuperação do Contorno Sul de Maringá e arrematou os dois lotes da licitação, por R$ 12,6 milhões. O preço máximo previsto para era R$ 13,4 milhões. Três empresas participaram da concorrência que teve os envelopes abertos nesta quarta-feira (24/10).

As três concorrentes, duas de Maringá e uma de Chapecó (SC), foram habilitadas no processo. As obras serão executadas a partir de duas frentes de trabalho deverão ser concluídas em 270 dias a partir da emissão da ordem de serviço. Os recursos são provenientes de convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

A recuperação da via é emergencial e prevê a recomposição em 31.559,07 m², fresagem em 27.468,95 m² e recapeamento de pavimento existente com aplicação de Concreto Betuminoso Usinado à Quente em 164.720,00 m². O secretário de Serviços Públicos, Vagner de Oliveira, disse que a obra não é um simples “tapa-buraco”.

A recuperação emergencial do Contorno Sul antecede uma reforma integral da via, já que as perspectivas de viabilização do Contorno Sul Metropolitano, da saída para Mandaguaçu até o contorno de Marialva, são cada vez menores. O que restava de recursos destinados ao projeto recentemente foram relocados pelo governo federal.

As obra foi licitada e vencida pelo Consórcio Castilho-JMalucelli, mas em junho deste ano o processo foi anulado pelo Dnit após intervenção do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que questionou os critérios de classificação das concorrentes. O projeto, de 2016, previa uma extensão de 32,3 quilômetros, foi orçado em R$ 337,4 milhões.

A bancada federal do Paraná aprovou emenda de R$ 70 milhões para a obra, que estava no orçamento deste ano. Durante a greve dos caminhoneiros, em maio, para reduzir o preço do diesel o governo federal cortou R$ 45 milhões que seriam destinados ao Contorno Sul Metropolitano. O que restava no orçamento recentemente foi destinado para o Nordeste.

Além disso, o prefeito Ulisses Maia já se manifestou ser contrário à obra e a secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) elaborou projeto que pretende transformar completamente o atual Contorno Sul, onde seriam abertas três novas pistas, construídos viadutos, pontes e  trincheiras, além de galerias pluviais. O custo estimado é de R$ 225 milhões.

O projeto pode contemplar ainda ciclovia do lado norte, que reúne a maior área comercial e residencial. O estudo contempla ainda viadutos e trincheiras no entrocamento da Avenida Colombo com o Contorno Sul, um dos locais com maior problema de trafegabilidade. Nos principais pontos de ligação entre o lado norte e sul da pista haverá 11 obras de arte.

Os viadutos e trincheiras no Contorno Sul de Maringá seriam, segundo o projeto da atual administração, nas avenidas Pioneiro Antônio Ruiz Saldanha e Pioneiro Maurício Mariani, estrada São José, nas avenidas Carlos Borges e Joaquim Duarte Moleirinho, nas ruas Ataulfo Alves, Guerino Baldo, Domingos Danhoni e Mário José de Ferraz.



Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Alvo de protestos na Flim de 2018, Márcia Tiburi diz que decidiu deixar o país quando esteve em Maringá

Houve uma grande mobilização nas redes sociais em Maringá quando Márcia Tiburi esteve na Flim de 2018.

Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Alvo de protestos na Flim de 2018, Márcia Tiburi diz que decidiu deixar o país quando esteve em Maringá

Houve uma grande mobilização nas redes sociais em Maringá quando Márcia Tiburi esteve na Flim de 2018.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS