Manifestações contra e a favor de Lula provocam fechamento do trânsito próximo à Catedral de Maringá neste sábado

Por: - 12 de janeiro de 2018
Decisão de fazer ato a favor de Lula na cidade onde o juiz Sérgio Moro nasceu inflamou os manifestantes / Agência Brasil

Maringá Post via Whatsapp
As principais notícias do dia direto no seu whatsapp. Grátis e sem propaganda.

Motivada pelas manifestações contra e a favor ao ex-presidente Lula, na manhã deste sábado (13/1), a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) irá fechar o trânsito no entorno da Catedral de Maringá a partir das 4h30.

Neste horário será impedido o acesso à Avenida Papa João XXIII, continuação da Avenida Herval, a partir do cruzamento com a Avenida Tiradentes. Também serão fechadas as duas entradas do estacionamento da Catedral de Maringá, tanto em frente à Câmara Municipal como na Avenida Tiradentes.

A partir das 7h30 da manhã deste sábado (13/1), também será impedido o acesso à Catedral de Maringá pela Avenida Cerro Azul. O fechamento será feito na esquina com a Rua Antonio Salema.

Para os motoristas que irão trafegar no sentido bairro/centro pela Avenida Cerro Azul, será obrigatório virar à esquerda na Rua Antônio Salema. A Rua Martim Afonso estará liberada e os motoristas poderão acessar a Avenida João XXIII no trecho que passa em frente ao Instituto de Educação.

A Rua Padre Germano José Mayer, que passa em frente ao prédio da Câmara Municipal de Maringá, também terá o trânsito impedido entre a Avenida Cerro Azul e a Rua Martim Afonso. A previsão da Semob é que trânsito seja liberado a partir das 12 horas.

O 4º Batalhão da Polícia Militar (4ºBPM) informou nesta quinta-feira (11/1), que estará empenhado, junto a outras forças de segurança, a garantir a ordem no centro da cidade. A preocupação com conflitos se arrasta desde o anúncio das manifestações.

“Vamos garantir o direito de manifestação e a realização do comitê. A PM irá defender a integridade das pessoas”, afirmou o major Carlos Henrique Cardoso. Ele adiantou que a cidade terá o reforço de policiais da região.

Mais de 10 mil devem participar de manifestações

As manifestações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a favor do juiz Sérgio Moro e da operação Lava Jato irão reunir cerca de 10 mil pessoas.

A estimativa é de lideranças de movimentos como a ramificação do Movimento Brasil Livre (MBL) em Maringá, dos Patriotas, e do grupo chamado Fiscalização Maringá, que convidam a participação para o movimento por meio da internet.

No Facebook, uma página foi criada especialmente para convidar à população para um ato contra Lula. O ato foi marcado para começar a partir das 9 horas.

A manifestação favorável ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi convocada pelo PT de Maringá para as 9h30 no plenário da Câmara Municipal.

O objetivo, segundo lideranças do partido na cidade, é defender que Lula seja absolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, no dia 24 de janeiro. E também para que possa disputar a presidência da República em outubro. A estimativa do PT de Maringá é que cerca de 300 pessoas participem do encontro.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

RIGON

SALA 3

ATIVA MENTE

E AÍ, TÁ PRONTA?

MUNDO DOS NEGÓCIOS