Prefeitura deve pagar aluguel de até R$ 35 mil para a Tel Centro de Contatos se instalar na cidade. Câmara aprovou projeto nesta quinta-feira

Por: - 14 de dezembro de 2017
Robôs e softwares devem reduzir mão de obra humana em call centers (Imagem/Divulgação)

Primeiro, por iniciativa do líder do prefeito na Câmara, Jean Marques (PV), os vereadores  aprovaram em sessão extraordinária, no último dia 8, uma emenda alterando o Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Prodem), incluindo a possibilidades do pagamento de aluguel como incentivo às empresas que investirem na cidade.

Já na sessão desta quinta-feira (14/12), a última ordinária do ano, foi aprovado em segunda discussão por 14 votos um projeto de lei do próprio Executivo que pede autorização legislativa para o município pagar o aluguel da empresa de call center Tel Centro de Contatos, estimado em até R$ 35 mil mensais.

A condição do incentivo ser aprovado pela Câmara antes de ser concedido não estava previsto no projeto de lei original que incluiu o pagamento de aluguel no Prodem, apresentado por Marques. A emenda foi proposta e aprovada durante o processo de discussão da matéria.

Nesta quinta-feira, a autorização para o pagamento do aluguel para a Tel Centro de Contados também foi aprovada em terceira discussão em sessão extraordinária, 14 votos. Uma terceira votação foi necessária porque o projeto de lei do Executivo sofreu emendas na Câmara.

Por meio de convênio, a empresa de call center receberá o benefício de ter o aluguel pago pela prefeitura. Em contrapartida, a Tel Centro de Contatos terá que ofertar no mínimo 800 vagas de empregos na unidade de Maringá, no prazo de seis meses, após o início da operação na cidade.

O convênio terá prazo de até 24 meses, prorrogáveis por uma única vez, por mais 12 meses, mediante justificativa e com nova avaliação e anuência do Prodem. O valor do benefício previsto ao pagamento do aluguel, após os seis primeiros meses será limitado ao valor recolhido pela empresa a título de Imposto Sobre Serviços (ISS).

Há quase 30 anos no mercado de call center, a Tel Centro de Contatos atua em todo o Brasil e tem, entre os clientes, empresas de convergência, bancos, órgãos públicos, aéreas, Telecom, TV por assinatura, financeiras e instituições de ensino.

De acordo com protocolo de intenções apresentado à prefeitura, a empresa tem previsão de faturamento mensal de R$ 5 milhões, o que irá gerar uma receita anual em tributos municipais de R$ 1 milhão. Também diz que cerca de 70% do faturamento mensal ficará na economia de Maringá, a maior parte em razão da contratação dos funcionários.

  • Primeira atualização, feita nesta quinta-feira, às 15h45, com a inclusão dos resultados das votações ocorridas nas sessões ordinária e extraordinária da Câmara de Maringá. 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.